Skip to content

Sua imagem diz quem você é

22/02/2010

Vista-se de acordo com a imagem que você quer passar, sem esquecer que ser elegante inclui boa postura, discrição e, sobretudo, bom senso. Roupas e sapatos elegantes e de boa qualidade não são futilidades para um profissional que pretende se destacar. São, isso sim, ferramentas de trabalho que agregam valor à imagem. A roupa que você usa para trabalhar deve ser um depoimento de quem você é e até onde quer chegar.

Ande sempre com as roupas limpas e passadas, cuide para que seus sapatos não estejam com a ponta descascada ou o salto gasto. Roupas mal passadas ou manchadas, pontas de sapatos descascados e saltos estragados são uma péssima recomendação porque podem deixar a impressão de que se você é descuidado com sua aparência, também é descuidado com seu trabalho.

Não é  interessante ser uma fashion victim – aquela pessoa que sempre usa  as últimas tendências da moda, mesmo que não fiquem bem nela. Tome muito cuidado para fazer uma análise crítica sempre que for comprar alguma coisa muito moderna, diferente.

É mais fácil adotar uma linha mais básica e somente algumas peças da última estação. Da mesma forma, roupas muito antigas, completamente fora de moda, não deixam ninguém com cara de bem sucedido, a não ser que seja uma produção mais arrojada. Mas, você não vai  ser performático no escritório, certo? Eu conheço algumas pessoas, especialmente homens, que “não ligam”, “vestem qualquer coisa”, “isso é preocupação de mulher” e  não sabem da triste figura que fazem em algumas ocasiões. Tenha certeza de que não funciona.

Voltando, a regra geral é ser versátil, criativo, sentir-se confortável com o que veste e gostar do que vê quando se olha no espelho. Ter seu próprio estilo é uma vantagem competitiva importante.

Boa aparência ou estar bem vestido não se consegue com uma receita de bolo, pois tem variações. O que fica bem para mim, pode não ficar para outra pessoa. Exige que você seja capaz de adequar a roupa à sua atividade profissional e às diversas situações de trabalho. Você não vai se vestir da mesma maneira para sair em uma atividade de campo e ao fazer uma apresentação ao seu cliente mais sofisticado, por exemplo.

Pense naquilo que favorece seu tipo físico. Se você é baixinha e gordinha, não ficará bem de calças no tornozelo, melhor usar calça até o pé. Se você é alto e magérrimo, não vai andar todo de preto, com uma camiseta colada a suas costelas. Se você tem mais de 50, não vai andar de saia rodada e curtinha. Se trabalha num escritório bacana, com ar condicionado e colegas arrumados, não vai aparecer de bermudas.

Enfim, se olhar no espelho e achar que alguma coisa está errada, acredite, está mesmo. Não insista, porque o melhor crítico para você é você mesmo.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: