Skip to content

Emprego para protegido do chefe, pode?

12/08/2010

Em tempos nos quais diretores de empresas estatais grandes e importantes estão sendo escolhidos por suas afinidades políticas e não por sua capacidade técnica, uma recomendação para emprego vinda de um alto executivo da sua empresa pode lhe parecer um mico sem tamanho. Eu sei que é difícil pensar que você pode dar um emprego para um idiota completo só porque ele tem um QI – Quem Indica – alto, enquanto dezenas de outras pessoas merecedoras e com possibilidade de serem mais úteis andam em busca de uma oportunidade.

Sua vontade é dizer não e enfrentar as consequências de ter a antipatia do poderoso que fez a indicação? Antes de mais nada, respire fundo e pense melhor. Quem sabe esse importante executivo da sua empresa está indicando sua área para acolher seu protegido porque tem boas referências suas e da sua equipe? Pense bem para saber se não está com medo que a pessoa leve referências ruins a seu respeito para o indicador.  Isso você resolve fazendo um bom trabalho e  garantindo reconhecimento de muitas pessoas dentro da empresa. Além disso, pode acontecer o contrário, o novo funcionário levar boas referências suas ao seu protetor.

Se não houver nada que aponte para um problema imediato, seja flexível. No geral, nossa tendência é achar que o fato de alguém ser indicado é prova de que a pessoa é incompetente, inoperante, ou não quer trabalhar. Mas, pense bem, e se isso não for verdade? Você nunca esteve sem emprego e quis ter alguém  que o indicasse? Talvez um tio, um amigo da família, até um político. Tudo o que você queria, muito provavelmente, era uma oportunidade de mostrar sua capacidade de trabalho. Tem momentos que o mercado não está aberto a conhecer melhor as pessoas, quer alguém pronto e conhecido.

Veja, é uma questão de abrir sua mente e examinar o pretendente sem preconceito. Chame para uma entrevista, examine o currículo, busque referências de outros empregos se a pessoa tiver, veja se as notas na escola foram boas se for um primeiro emprego. Você pode ser surpreendido por um excelente profissional, colaborador, que quer crescer na carreira por meios próprios e só usou o expediente da indicação para abrir a porta.

Entretanto, a situação pode ser mais grave. Por exemplo, você sabe alguma coisa desabonadora sobre o indicado? Alguém lhe deu referências ruins? Se a resposta a essas duas perguntas for sim, eu acho bom você questionar a indicação. Você pode descobrir que só terá encrencas, que a pessoa já deu problema em outros lugares. Nessa situação, veja se acha um jeito elegante de dizer não. Diga que sua equipe está super afinada e um elemento estranho no momento poderá derrubar por terra seus esforços. Antes porém, aconselho que você busque algum apoio ou a opinião outro, ou outros, executivo forte. Peça ajuda explicando que, se você aceitar poderá colocar em risco a integridade da sua equipe, poderá influenciar negativamente nos resultados de sua área. Assim, se o chefão ficar bravo e comentar o fato com alguém poderá ouvir opiniões ponderadas que o favoreçam e minimizem o efeito da negativa.

De qualquer maneira, não deixe de examinar a questão para ver se existe alguma maneira de aceitar a indicação e administrar o prejuízo, ou seja, lidar com a figura sem que sua equipe seja muito afetada. Pode ser que não haja maneira de dizer não, pois você poderá colocar sua carreira em risco. Lamento, mas nem tudo é correto na vida corporativa…

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: