Skip to content

Vamos falar de gravatas?

09/09/2010

Costumo notar e apreciar quando vejo um cara usando uma gravata bacana. Isso me passa uma sensação de homem cuidadoso e elegante, refinado. Entretanto, se tenho que comprar uma gravata, para dar de presente por exemplo, sempre fico confusa. Sei que muitas pessoas acham fácil escolher gravatas e costumam dar de presente em muitas ocasiões porque acham que  “não tem erro”.

Bem, para mim não é fácil, aliás, posso dizer que é super difícil. Em especial quando vou a uma  grande loja, fico lá olhando para  os expositores com dezenas ou talvez centenas de modelos, cores, padrões e nunca sei direito o que é melhor. Então, andei buscando informações para partilhar  com vocês.

As gravatas que combinam com todo o tipo de roupa são as lisas ou com riscas. Os tecidos variam entre o sintético, a seda ou a seda jacquard. Antes de comprar pense nas camisas que você tem para usar (se for um presente, tente imaginar…). Ou pense nas camisas que vai comprar também.

As gravatas estampadas, especialmente se as estampas forem grandes ou muitas, ficam bem com camisas brancas clássicas, lisas, para não acrescentar outra cor a um “ambiente”  já colorido. Se as estampas não forem muito grandes, elas podem ser usadas com camisas em tons pastel e se misturar listras e estampas pequenas use com camisas neutras.

Se você é capaz de ser um pouquinho mais ousado, pode pensar em uma gravata de bolinhas combinando com uma camisa de listras, mas a cor de fundo da camisa tem que ser a mesma da gravata. Se você gostar de uma gravata com desenhos espaçados, pense em usá-la com uma camisa lisa, no mesmo tom da gravata, que fica muito elegante e até sofisticado.

Uma gravata de cashmere que seu amigo consultor trouxe de Londres na última viagem pode ser usada com aquela sua camisa de listras finas, afinal você não vai ter apenas camisas lisas, não? Os desenhos de sua gravata são quadradinhos, retangulos pequenso ou imitam brasões? Que tal usar com aquela camisa de listras em duas coires ou uma lisa no tom predominante na gravata?

Bem, mais importante que tudo, saiba que nenhuma escolha vai ser boa o suficiente se o cara que usar não souber fazer isso com elegância. Uma coisa fundamental é ter cuidado na proporção, obviamente depois de um nó bem feito. As duas pontas da gravata devem cair sobre a fivela do cinto, na altura da cintura, não ficando muito curta ou muito comprida. Elas devem chegar até o cinto e ponto. Nada de mais comprida, nem mais curta.

Claro que existem dezenas de tipos e eu não tenho a pretensão de saber de todos nem de ser capaz de citar todos de uma vez. Espero que esse poquinho ajude sua próxima sessão de compras.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: