Skip to content

Entrevista em nome de sua empresa para uma revista?

29/11/2010

Uma entrevista nem sempre é algo para o qual você está preparado. Muitas vezes acontece de você nunca ter passado pela experiência e achar que não é capaz… ou que é, mas estar enganado. Acrescente-se a isso o fato de você saber que se alguma coisa der errado você estará comprometendo não apenas você, mas também sua empresa, e temos uma situação de alta tensão. Bem, em qualquer situação, algumas pequenas dicas podem ajudá-lo a sair-se bem.

Antes de mais nada, reúna os principais dados sobre o assunto que será tema da entrevista. No geral é bom saber números, estatísticas, ganhos que a empresa tenha ou possa proporcionar  para seus clientes, a população ou o meio ambiente. Prepare-se para perguntas, pedindo a seus auxiliares ou pessoal da assessoria de imprensa que o ajudem a pensar em questões que podem se transformar em armadilhas se você não tiver boas respostas.

Procure saber antecipadamente tudo o que puder sobre o veículo que pediu a entrevista. Tente descobrir se a inteção é favorável a sua empresa ou se a matéria está relacionada a alguma anterior que põe em dúvida os valores que ela defende ou a ação que ela desenvolve. Se puder saber alguma coisa sobre o jornalista que vai entrevistá-lo, isso pode deixá-lo mais confortável. Converse um pouco antes para quebrar o gelo e descobrir o que ele ou ela quer. Assim você poderá pedir informações adicionais para seus auxiliares enquanto a entrevista acontece.

Ao iniciar a entrevista, apresente resumidamente o assunto, dando uma ideai geral de como a conversa se desenvolverá. Seja agradável, relaxe, concentre-se em responder às perguntas, não se distraia com o que acontece ao redor. Procure usar frases curtas e objetivas para não se “enrolar”. Certifique-se de que está sendo compreendido e não deixe malentendidos serem usados para prejudicar sua exposicão. Pergunte, se tiver dúvidas sobre o entendimento. Não use termos muito técnicos e ainda menos jargão da empresa ou siglas que só fazem sentido para quem trabalha com você.

Responda apenas àquilo que for perguntado, evitando se perder por pontos pouco importantes para o contexto. Entretanto, se puder, não perca a oportunidade de transmitir mensagens positivas sobre o tema e como sua empresa cuida do assunto. Ofereça material de apoio, proponha locais para fotos, dê sugestões de outras pessoas que possam corroborar sua informações, se for o caso.

Preste atencão na sua postura para não colocar-se em uma posição frágil, especialmente se a entrevista tratar de assunto delicado para a empresa. Sente-se na mesma altura do seu entrevistado, olhe nos olhos dele e fique o mais relaxado que pduer. Pense que está batendo papo com alguém que você conhece há muito tempo. Gesticule com naturalidade, sorria, seja simpático e lembre-se que, se o jornalista for mais agressivo, isso não é pessoal.

Após a entrevista, monitore até a materia ser publicada e então descubra se seus chefes ou outras pessoas relevantes viram e gostaram. Isso poderá ser usado para as próximas. Se algum dado for publicado errado, pense em pedir correção. Não perca tempo se a informação for irrelevante ou se você apenas não gostar do tom da entrevista. Não vale a pena arrumar uma briga com a imprensa por pouca coisa.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: