Pronoia, sabe o que é isso?

Pronoia é o oposto de paranoia. É apenas um dos muitos conceitos que aprendi recentemente num livro chamado Give and Take, de um professor e pesquisador da Wharton School, Adam Grant. Captura de Tela 2015-01-28 às 14.47.41

Pronoia é definida como sendo “a crença delirante de que as pessoas estão tramando para o seu bem-estar ou dizendo coisas agradáveis a seu respeito sem você saber”.

Não é maravilhoso quando esse delírio constroi uma nova realidade? Em vez de ficar achando que os outros estão tramando “contra” você, pensar que eles estão tramando “a seu favor” traz uma nova perspectiva para seu caminhar na vida. É um pensamento positivo que, de alguma maneira, pode criar ao seu redor um ambiente de bem estar e confiança.

Captura de Tela 2015-01-28 às 14.49.13Fiquei encantada em aprender sobre esse novo conceito. Otimismo, mesmo que sem uma base firme na realidade, sempre me faz sentir melhor.

Para ser exata, o conceito é novo para mim, mas o termo é bem antigo. No século XI, já definia sistema de doação e propriedade da terra no Império Bizantino, que alguns compararam com o feudalismo ocidental.

Segundo a Wikipedia, o conceito atual pode ter aparecido pela primeira vez em 1982, quando a revista acadêmica Problemas Sociais publicou um artigo intitulado “Pronoia”, pelo Dr. Fred H. Goldner, do Queens College descrevendo um fenômeno oposto à paranoia e proporcionando inúmeros exemplos de pessoas específicas que apresentaram essa característica.

Descobri ainda que o conceito já foi trazido para São Paulo através do DJ (disc-jóquei) francês Yves La Marre, mais conhecido como Ujjain (seu nome indiano). Ele é um dos adeptos dos “zippie”, versão atualizada dos hippies, que tentam associar os ideais românticos dos anos 60, como “paz e amor”, às novidades tecnológicas da década atual, como a Internet e a música digital.

Captura de Tela 2015-01-28 às 18.50.46A pronoia é um dos princípios fundamentais dos “zippies” mas não está ligada somente a eles. Já está sendo olhada e estudada por pesquisadores e estudiosos que observam o comportamento humano e as relações no ambiente do trabalho. Pronoia pode ser um fator de sucesso!

Eu decidi e gostaria de ter mais gente comigo: vamos todos ser mais “pronoicos”? E, adicionalmente, trabalhar mais a favor dos outros? Quem sabe, com isso podemos ajudar na criação um mundo melhor.

Anúncios

3 Comments

  1. Sou um “pronoico” de carteirinha e 1.0000,0000,00 % otimista, sendo minha vida muito feliz e cheia de excelentes momentos.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s