Skip to content

Histórias Corporativas – romance no escritório

05/04/2017

Captura de Tela 2017-04-05 às 05.03.02

Ela é inteligente, bonita, charmosa, ambiciosa na justa medida, iniciando uma carreira que tem tudo para ser um sucesso. Solteira. Ele é um chefe admirado por todos, inteligente, charmoso e sexy, que tem ainda o fascínio inerente ao seu papel. Casado. Aos poucos, a admiração que ela sente por ele passa para um outro degrau, vai ampliando e ela se descobre apaixonada. As frases com duplo sentido, os toques rápidos fingindo ser acidentais, as insinuações, tudo isso vai crescendo e se transformando em algo real e o caso de amor torna-se concreto.

Como é uma mulher prática, diz para si mesma que não vai criar ilusões de que ele possa deixar a família para ficar com ela. Convence a si mesma que não importa, quer apenas que ele a ame nas horas de folga da família. Claro que, no fundo, ela espera um milagre e quer que ele seja dela por completo.
Captura de Tela 2017-04-05 às 05.23.26E aí começa uma história de esperas, solidão e sacrifício que ela não parece se dar conta. Ela trabalha mais tempo do que os outros funcionários, claro. Como pode ficar sozinha com ele se não permanecer no escritório até que todos tenham ido embora? Ela sempre diz sim para qualquer tarefa, mesmo que seja muito abaixo da sua capacidade ou fora de sua função. Claro, se ele precisa dela, por que não atender? Ele determina os horários que ela pode ligar ou mandar mensagens, pois a esposa pode ver. Mesmo que tenha que falar de trabalho ela nunca liga fora de hora.

Captura de Tela 2017-04-05 às 05.13.23Multiplicam-se as fugas, os segredos. Ela sai a pé na hora do almoço e espera por ele numa rua sem movimento para que ele a leve a um motel barato. Algumas vezes ele pede para ela pagar, pois está sem dinheiro. Ela paga. Depois ele a deixa num outro lugar deserto e ela tem que esperar ou se apressar para não chegar na mesma hora.

Ela deixa o carro em casa e vai trabalhar de táxi ou até mesmo de ônibus para que ele lhe dê uma carona na saída. No caminho vão se beijando e abraçando nas ruas escuras. Ela não pode gritar para o mundo sobre esses momentos que considera felizes, pois o cara é casado, sabe como é, alguém pode falar demais. Então compartilha apenas com a melhor amiga que tenta lhe dizer que ela está indo por um caminho tortuoso, mas ela não quer ouvir.

Captura de Tela 2017-04-05 às 05.18.58No fim de semana, sozinha em seu pequeno apartamento, começa a imaginar o que ele está fazendo. Tenta se distrair com a TV, vai ao cinema, marca um encontro com a amiga, mas o pensamento continua nele. Quer estar com a melhor amiga muito mais para poder falar nele do que pelo prazer da companhia. A amiga percebe e fica um pouco magoada, começa a não aceitar mais os convites. Aos poucos ele fica sozinha, sem ter com quem conversar, mas continua dizendo para si mesma que vale a pena.

Captura de Tela 2017-04-05 às 05.37.01E então chega a hora dos aumentos de mérito e promoções. Ela sabe que fez um bom trabalho, muito melhor do que a maioria, está cheia de expectativas. Mas, descobre, surpresa, que seu prêmio é o menor. Até aquele cara folgado levou a melhor. Ela fica confusa, sente-se injustiçada, mas não reclama na frente dos outros para não criar constrangimentos. Vê o sorrisinho de satisfação da colega que a odeia, mas finge que está tudo bem.

No fim do dia, depois que todos saem, ela decide perguntar a razão de ter sido a última. E  então o príncipe, o ídolo, o maravilhoso e apaixonado sujeito diz simplesmente: “não posso dar-lhe mais, pois podem desconfiar que estou favorecendo você e descobrir que temos um caso. Quer uma carona?”

Captura de Tela 2017-04-04 às 15.10.37Então a ficha cai e ela se sente um trapo velho, usado e abusado, por sua própria culpa, com sua concordância. Agradece e diz que tem outro compromisso, pega o casaco e a bolsa e vai para casa de táxi, arrasada. Depois de milhares de lágrimas e recriminações, levanta seu belo queixo e começa a planejar a busca de outro
emprego e o retorno aos amigos, à vida. Ainda bem!

 

Anúncios
One Comment leave one →
  1. Kall Moreno permalink
    05/04/2017 22:09

    Muito bom e realista!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: