Essa professora especial: a natureza

Carreiras - Construção e Transição, Desenvolvimento de Pessoas

Precisamos sobreviver… nosso mundo está no limite, à beira do esgotamento e as mudanças climáticas, as doenças e até essa pandemia que nos assola no momento, são avisos para que os seres humanos busquem alternativas ao uso indiscriminado dos recursos naturais.

Esse não é um discurso de militante ambiental, é apenas a manifestação de minhas preocupações com o mundo em que nossas crianças vão viver. Ao mesmo tempo, é um chamado aos profissionais interessados em oportunidades de carreira inovadoras e colaborativas com o futuro.

Os desafios impostos por um planeta superpovoado, com uma natureza exaurida e meios finitos exigem não apenas que sejam criadas formas de sustento das populações, como diferentes abordagens para gerir as pessoas e os negócios com maior eficiência. Vai daí, andei estudando um pouco a respeito e descobri (tardiamente, claro) que uma área em pleno desenvolvimento vem se tornando fundamental para criar possibilidades de termos soluções de curto prazo aqui mesmo no planeta Terra: a Biomimética.

Não conhecia o termo? Nem eu. Senti-me ignorante e ultrapassada, e fui correndo estudar. Na verdade, tenho certeza que, tanto você como eu sabíamos da existência desse tipo de abordagem, mas faltava a teoria.

A Biomimética estuda as estruturas biológicas e as suas funções, procurando aprender com o meio ambiente, suas estratégias e soluções, e utilizar esse conhecimento em diferentes domínios da ciência. Ela busca por soluções inovadoras, copiando o comportamento dos seres vivos. Os biomimeticistas (não sei se o termo existe…) trabalham com a natureza como modelo, inspirado-se nos sistemas usados por animais, plantas, fungos, algas e até bactérias. Este ramo da ciência permite desenvolver ou aperfeiçoar novas soluções de engenharia, estimular novas ideias, sendo que os biomimeticistas encontram na Natureza um modelo perfeito de inspiração e de imitação.

Este campo de estudo e trabalho proporciona o desenvolvimento e aperfeiçoamento de respostas a questões de engenharia, medicina, TI, cosmética, construção, reflorestamento, eficiência energética, embalagens, sistemas de produção, linhas de montagem e de transporte e tantas outras que não dá para imaginar. Enfim, essas são as ações já desenvolvidas ou já em desenvolvimento. Certamente, o futuro trará muitas outras.

Trabalhar e estudar em Biomimética proporciona o desenvolvimento e o aperfeiçoamento de respostas a questões de engenharia, medicina, TI, cosmética, odontologia, construção, reflorestamento, eficiência energética, embalagens, sistemas de produção, linhas de montagem e de logística. Enfim, essas são as ações já desenvolvidas ou em desenvolvimento. Fiquei extremamente impressionada com o avanço do tema, inclusive no Brasil. Depois que comecei a pesquisar sobre o assunto, me apaixonei e encontrei até uma página no Facebook para seguir.

Esta é mais uma possibilidade de trabalho e emprego para profissionais de várias áreas. Já em 2014, a Revista Forbes apontava a biomimética como uma das principais tendências que irão orientar os negócios no futuro. É economia circular, é trabalho colaborativo, é engenharia, biologia, design, negócios e todas as áreas com visões complementares. É moderno, socialmente responsável, curioso, um desafio para mentes voltadas para o futuro.

Biomimética traz até mesmo fundamentos para lidar com desenvolvimento pessoal e comportamento humano. Alguns gestores mais visionários têm utilizado treinamentos junto à natureza, buscando os links entre processos naturais colaborativos e de gestão corporativa. Bem, preciso estudar bem mais sobre esse segmento, mas acredito que vai render bastante conversa por aqui.

Resumindo, se você está buscando trabalho inovador, alinhado com sustentabilidade e colaboração essa é uma atividade que encaixa em você. Da mesma forma, se você é um empreendedor cheio de ideias arrojadas e ousadas, vá atrás de parceiros que complementem seus conhecimentos e crie coisas realmente importantes para todos nós.

Ressalto, entretanto que não é apenas uma maneira de ganhar dinheiro, mas é de contribuir para a região onde mora e mesmo para o mundo todo e construir um futuro melhor para seus filhos e netos. Achei uma definição que realmente me abalou: é a economia do significado.*

Fotos: todas copiadas do Google, mas cada uma delas vinda de reportagens, estudos e empresas que utilizam a biomimética no desenvolvimento de seus produtos e projetos.

* Daniel C. Wahl, biólogo, cientista holístico, PhD em design para sustentabilidade - autor de Designing Regenerative Cultures.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s