Criatividade, empatia e coragem são as habilidades do futuro – Parte III

Captura de Tela 2017-09-26 às 15.17.09Fechando o ciclo das habilidades essenciais do futuro, que tal falarmos de coragem? Afinal, o que é coragem e por que é uma habilidade importante?

Coragem é a capacidade de agir apesar do medo, do temor da intimidação e da dificuldade em reconhecer o erro. É necessária para pessoas que precisam ir em frente, para aquelas que precisam tomar decisões – e quem não precisa, mas especialmente para aquelas que devem conduzir pessoas na busca de um objetivo comum.

Captura de Tela 2017-09-26 às 15.18.23Coragem é o início de tudo, pois é a base o que faz e fará a diferença nos anos que virão. Se você pensar na inovação, que envolve a criação de idéias inovadoras, precisa lembrar que essas ideias normalmente desafiam a tradição. Para desafiar a tradição, é necessário coragem.

A liderança exige tomadas de decisão muitas vezes duras, que contrariam outras pessoas. A liderança exige coragem. Reconhecer o erro, corrigir, recomeçar, tudo isso exige coragem e, se você não for capaz de fazer essas três coisas, possivelmente não terá flexibilidade
E a boa notícia é que, apesar de ser contrário à crença popular, a coragem é uma habilidade que pode ser aprendida, resgatada, exercitada, reforçada. Todos têm a capacidade de ser corajosos, a diferença está apenas na forma com que a manifestam.

Captura de Tela 2017-09-26 às 15.29.32Você pode ser aquele corajoso que tem iniciativa, sem medo de fazer tentativas, mesmo que muitas sejam frustrantes. Você é o tal pioneiro corajoso!

Ou você pode ser aquele que deposita confiança nos outros, sem a necessidade de controlar todas as situações, sem sentir-se incerto quando a iniciativa não é sua. Ah, você é o corajoso confiante e seguro.

E você pode ser aquele que é capaz de se levantar no meio de uma multidão ou de um grupo e dizer não àquelas ideias nas quais não acredita, àquelas ações que podem prejudicar um grupo ou mesmo uma única pessoa. Então você é o corajoso herói, defensor de causas nas quais acredita.

Captura de Tela 2017-09-26 às 15.31.21Enfim, coragem tem diversas faces, basta você ser capaz de reconhecê-las. Se você for capaz de saber o que o está limitando, será mais fácil encontrar a coragem para enfrentar.

O medo é um dos melhores convites à coragem, basta aceitar o medo que o paralisa e resolver superá-lo. Pequenos medos podem ser enfrentados para exercitar sua coragem e, quando você menos espera estará enfrentando monstros. Analise seus medos e ache aqueles pontos mais fracos de cada situação e vá enfrentá-las.

Comece sendo sincero com você mesmo a respeito de seus medos, não invente desculpas para escondê-los, nem para você nem para os outros. Se você conseguir pensar no que pode ganhar sendo corajoso em vez do que pode perder continuando com medo, certamente terá mais motivação para enfrentar.

Captura de Tela 2017-09-26 às 15.23.24Lembre-se que ser corajoso não é fazer tudo sem pensar. Ser corajoso implica em avaliar as reais consequências das decisões, ponderá-las de acordo com as próprias prioridades e com aquilo que estamos dispostos a perder para ganhar. Muito importante, também é avaliar os efeitos dessas decisões sobre as pessoas que nos rodeiam.

Todos ganham com pessoas corajosas por perto. Com menos medo e mais coragem, os profissionais são capazes de assumir projetos mais complexos, lidam melhor com a mudança e falam com mais segurança sobre questões importantes ou conflituosas. Profissionais corajosos tentam mais, confiam mais e compartilham mais ideias e experiências. Coragem, cada vez mais, é uma habilidade fundamental para enfrentar o futuro.

Anúncios

Criatividade, empatia e coragem são as habilidades do futuro – Parte II

Captura de Tela 2017-09-21 às 14.47.53.pngNum mundo em que teremos que viver não apenas com nossos semelhantes humanos, mas com robôs e trans-humanos, empatia passa a ser uma habilidade obrigatória para quem sabe que colaboração será fundamental para encontrarmos saídas para a humanidade.

E, afinal, o que é empatia? Empatia é uma capacidade psicológica de colocar-se no lugar do outro, compreender sentimentos e emoções que possam estar sendo vivenciados por outra pessoa. Significa ser capaz de realmente ouvir o que o outro tem a dizer com total atenção, interpretando não apenas a fala mas os gestos não verbais que a pessoa lhe traz.  Significa também demonstrar,  confirmar que está compreendendo os sentimentos e aflições do outro.

Captura de Tela 2017-09-21 às 14.49.37A empatia é o que leva as pessoas a colaborar umas com as outras, a construir juntas.  Auxilia na compreensão de comportamentos, ideias, sonhos, a maneira que o outro toma as decisões e o que é negociável ou não.

Ser empático é se identificar com outra pessoa, ser capaz de imaginar o que ela está pensando ou sentindo a respeito de um assunto ou circunstância. É algo extremamente poderoso para líderes ou para pessoas que trabalham em colaboração com outras. Quanto mais empáticos forem os componentes de um grupo, mais fácil e melhor sucedido ele será.Captura de Tela 2017-09-21 às 14.50.24

E se você não desenvolveu ainda essa capacidade? Bem, existem maneiras de se tornar mais empático. A primeira coisa a fazer é se tornar mais flexível e aberto a pessoas e coisas que têm características diferentes das suas. Busque diferenças e treine conviver com elas e perceber no que elas se diferenciam de você. Veja com curiosidade e tolerância, sem reprovar.

Captura de Tela 2017-09-21 às 14.55.14Tente ser agradável, mesmo em circunstâncias que não sejam muito a sua cara, pense no quanto o momento pode estar sendo apreciado pelo outro. Obviamente você não precisa obrigar-se a gostar de música funk só para agradar seu amigo, mas tente relaxar e ficar ao lado dele mesmo assim. Se ele souber que você não gosta e mesmo assim está ali com ele, provavelmente vai sentir-se feliz em ir com você ao balé.

 

Deixe de lado conceitos e palavras que fazem sentido somente para você e especialmente suas verdades absolutas, mesmo porque elas não são reais. Esforce-se para transmitir a essência por trás das palavras, mesmo que tenha que adaptar sua linguagem para a compreensão do outro. Confirme se ele entendeu e se não, repita de outra maneira a mesma ideia.

Captura de Tela 2017-09-21 às 14.48.27Lembre-se que a chave para um processo empático acontecer é a confiança que você tem em si mesmo e no outro. Sem confiar, sabendo que você possui suas forças e fraquezas e o outro também não tem como estabelecer uma relação verdadeira.

Como você pode concluir dessa conversa toda, o primeiro passo para estabelecer boas relações e construir alianças sólidas capazes de garantir um futuro mais produtivo é o respeito aos outros seres humanos. Sem ele viveremos em guerra permanente e em direção ao fim da nossa civilização.

 

Criatividade, empatia e coragem são as habilidades do futuro – Parte I

Captura de Tela 2017-09-21 às 13.50.24Essa é uma das muitas previsões apresentadas no Summit 2017 da Singularity University, comunidade global que usa tecnologias exponenciais para enfrentar os maiores desafios do mundo, segundo suas próprias palavras. O negócio deles é o futuro! Você está preparado?

Que tal falarmos de criatividade para começar? Segundo o dicionário, criatividade é “inventividade, inteligência e talento, natos ou adquiridos, para criar, inventar, inovar, quer no campo artístico, quer no científico, esportivo etc.” Veja que destaquei o natos ou adquiridos. Quero chamar à atenção a possibilidade de se adquirir a criatividade. Portanto, não é possível mais ouvir que alguém nunca será criativo.Captura de Tela 2017-09-21 às 13.45.14

Você pode desenvolver sua criatividade com alguns estímulos bastante fáceis de buscar. O primeiro passo é permitir-se aprender. Quando eu digo permitir-se aprender, quero dizer que você precisa saber que pode errar e não deixar-se desanimar pelo erro. Errar é uma parcela essencial de qualquer aprendizado e se você não der licença a si mesmo para errar, dificilmente aprenderá algo novo.

Para continuar a busca de sua criatividade escondida, não exija demais de si mesmo. Não é necessário ser um sucesso na primeira tentativa, conforme-se em ser mais ou menos até que tenha suas habilidades plenamente desenvolvidas.

Captura de Tela 2017-09-21 às 13.48.26Amplie seus conhecimentos. Se tiver mais e mais referências, poderá criar um repertório mais amplo para ter certezas sobre suas propostas. Ah, importante também é testar sua ideia. Enquanto ela estiver dentro da sua cabeça, dificilmente você poderá ter segurança sobre suas possibilidades de aplicação. Não tenha medo de testes, se um ou outro fracassar, você faz os acertos necessários e tenta de novo.

Não tenha medo de pedir ajuda. Muitas vezes o detalhe que falta para sua nova ideia ser um sucesso pode vir de alguém até inesperado. Se puder, tente conhecer histórias de gente reconhecidamente criativa e de como eles conseguiram esse reconhecimento. Alguns caminhos seguidos por outros podem ser inspiradores.Captura de Tela 2017-09-21 às 13.46.25

Não desanime com algumas tentativas frustradas, tenha foco e siga em frente. Se desistir quando enfrentar algum bloqueio, você poderá não saber que chegou a um passo de atingir seu objetivo.

Nessa hora de bloqueio, muitas vezes o que você precisa é de distração ou descanso. Dê um passeio na vizinhança, vá tomar um café com uma amigo, tire um cochilo se estiver muito cansado. Novos ares ou momentos de relaxamento ajudarão sua mente a ficar calma e poderão ser iluminadores.

Captura de Tela 2017-09-21 às 13.49.19Enfim, acredite em si mesmo, na sua capacidade de aprender e desenvolver novas habilidades. Se achar que não consegue e tiver tempo e paciência, faça um dos inúmeros cursos que ajudam a desenvolver a criatividade. Eles são oferecidos por muitas instituições respeitáveis em todo o país.

Mais do que tudo, acredite, você tem jeito!

 

 

O Futuro vem aí: SU Global Summit 2017 – segundo dia

Conforme prometido ontem, estou compartilhando os pontos principais do segundo dia do Singularity University Global Summit 2017. Cada dia mais interessante!

  • Captura de Tela 2017-09-01 às 18.18.49Human life is a software engineering problem, portanto, nossa vida depende cada vez mais das máquinas e de seus programadores.
  • As ferramentas do nosso tempo são Big Data (conjuntos de dados muito grandes ou complexos, que os aplicativos de processamento de dados tradicionais ainda estão aprendendo a lidar) e machine learning (sub-campo da inteligência artificial dedicado ao desenvolvimento de algoritmos e técnicas que permitam ao computador aprender).
  • 3 bilhões de pessoas vivem com menos de 2,5 dólares por dia. 80% da humanidade vive com menos de 10 dólares por dia.
  • Captura de Tela 2017-09-01 às 18.21.0590% das enfermeiras que usam Watson da IBM (computador que derrotou oponentes humanos em 2011 e usa sua inteligência no diagnóstico do câncer e em análises financeiras) seguem as recomendações do Watson.
  • Automação e inteligência artificial criarão empregos. Posso tornar qualquer coisa inteligente usando inteligência artificial e ganhar dinheiro com isso. Estados Unidos é o país mais automatizado do mundo e não perdeu empregos com isso.
  • No futuro teremos muito mais máquinas do que humanos.
  • Ensinamos da mesma forma há cem anos. Sistema educacional é resistente a uma mudança disruptiva. Que tal just in time education (conhecimento quando você precisa dele)?
  • Nossas premissas sobre o mundo podem limitar nosso pensamento. E isso faz toda a diferença.Captura de Tela 2017-09-01 às 18.24.30
  • Organizações não mudam até que todas as pessoas mudem.
  • Líderes exponenciais não tentam mudar o mundo. Eles tentam mudar a si mesmo.

Quer saber sobre o terceiro dia? Volte aqui, vou contar tudo!

O Futuro vem aí: SU Global Summit 2017 – primeiro dia

Captura de Tela 2017-08-31 às 17.16.46Nos dias 13, 14 e 15 de agosto passado, aconteceu na Califórnia o Singularity University Global Summit 2017, evento que trata sobre o futuro dos negócios, da tecnologia e da humanidade. Recebi de meu colega Eurípedes Fernandes, um dos membros do excelente Grupo Reflexão, do qual tenho o prazer de fazer parte, um resumo completo das discussões do evento.

Captura de Tela 2017-08-31 às 17.10.55Foram 1.600 participantes do mundo inteiro, sendo 70% estrangeiros e a maior delegação foi do Brasil. Apesar disso, vi poucas informações sendo compartilhadas sobre o assunto, razão pela qual aproveito a generosidade do Fernandes e compartilho aos poucos as informações que ele me passou.

Aqui vão as conclusões do primeiro dia:

  • Captura de Tela 2017-08-31 às 17.11.14Em 2030, mil dólares vão comprar poder computacional equivalente ao cérebro humano.
  • Em 2050, mil dólares vão comprar poder computacional equivalente a todos os cérebros humanos juntos.
  • Em 2010, 1.8 Bilhões de pessoas estavam conectadas à internet. Em 2017 são 3 Bilhões. Entre 2022 e 2025 será o mundo inteiro. Com mais conexões, mais oportunidades, mais gênios.
  • As próximas duas décadas serão diferentes de qualquer coisa que vivemos nos últimos cem anos.Captura de Tela 2017-08-31 às 17.21.51
  • Podemos prever empregos que serão absorvidos pela tecnologia. Mas não podemos prever quais empregos vão surgir a partir da tecnologia. A dificuldade é a velocidade com que isso está acontecendo.
  • 130 milhões de pessoas no mundo estão satisfeitas com o seu trabalho. Parece muito, mas em termos mundiais é nada.
  • Veículos elétricos tem 90% menos moving parts do que veículos tradicionais.
  • Na China todos os taxis serão elétricos até 2020.
  • O custo de um carro elétrico vai reduzir drasticamente nos próximos 5 anos. Razões: demanda e abundância.
  • Captura de Tela 2017-08-31 às 17.20.13Esqueçam os wearables (“tecnologias vestíveis”, englobam todos aqueles equipamentos eletrônicos que contém processadores próprios e que podem ser usados como peças de roupa ou acessórios). Estamos entrando na era dos insideables (“tecnologias acessíveis”, capazes de incluir todas as pessoas independente de suas limitações).

Como você está se preparando para esse futuro? Amanhã tem mais: o segundo dia… Veja aqui!

Personal Branding, você está cuidando dessa questão?

Captura de Tela 2017-08-28 às 19.39.13.pngPersonal Branding, que algumas pessoas chamam de  Marketing Pessoal significa identificar, comunicar e mostrar aquelas características que diferenciam você das outras pessoas, que o fazem sobressair como profissional no mercado de trabalho. Significa sobretudo, gerenciar sua marca de pessoal de forma positiva, de forma a lhe trazer maiores oportunidades de ser reconhecido.
Você, eu, todos nós possuímos uma marca que deve ser percebida e avaliada primeiramente por nós mesmos para destacar aquilo que somos capazes de agregar ao mercado e às pessoas que conosco se relacionam. A marca pessoal bem gerenciada é o que faz com que você consiga demonstrar qual é sua promessa única de valor.
Gerenciar de forma eficiente sua Marca Pessoal é mostrar aquelas qualidade que trazem  valor ao público ao qual você precisa se dirigir. Lembre-se que nem todas as suas qualidades interessam a todos os grupos aos quais você se relaciona.
Captura de Tela 2017-08-28 às 19.38.23É contraproducente, por exemplo, mostrar que você é um grande bailarino para seu chefe numa empresa de engenharia, por exemplo. Isso não vai acrescentar nenhum ponto ao reconhecimento que ele possa ter de sua capacidade de tocar uma obra. Na melhor das hipóteses, ele vai achar exótico, mas você não vai receber um novo cargo por isso. Por outro lado, se você está buscando um emprego no corpo de baile da Globo, essa é uma qualidade que você deverá ressaltar.
Personal Branding é uma tarefa complexa, que exige percepção aguçada, sensibilidade, capacidade de ouvir o que os outros têm a dizer sobre você e flexibilidade para fazer mudanças quando necessário. Entretanto, é o que fará com que você se diferencie e mostre sua singularidade e seu valor.
Captura de Tela 2017-08-28 às 19.44.29.png
Quer saber mais sobre o assunto? Acompanhe nossas postagens aqui ou no Facebook, publicamos constantemente dicas interessantes para quem quer construir um futuro profissional de sucesso. Nosso projeto Apoiando o Futuro oferece soluções customizadas para pessoas e empresas. Se precisar de mais detalhes sobre nossos serviços entre em contato conosco através de nossos emails.
Maria do Carmo Marini

Escute a sua voz interna

Captura de Tela 2017-08-22 às 19.52.53Diferenciar o que é meu o que é do outro, é o passo mais importante na jornada do autoconhecimento.

Crenças, regras, padrões, modelos mentais são introjetados ao longo da nossa vida e o pacote muitas vezes vem formatado e quando percebemos estamos vivendo a expectativa do outro, da sociedade, da família, distanciando cada vez do nosso eu verdadeiro.

Vivemos em um mundo que valoriza os estereótipos, crescemos educados e “formatados” para um determinado padrão. Padrão de gênero. Padrão da família comercial de margarina. Padrão sexual. Padrão de carreira ideal. Padrão de lazer. Enfim, padrão para tudo.Captura de Tela 2017-08-22 às 19.55.27

São tantos padrões que dificultam enxergarmos se as ideias e pensamentos que temos são frutos das nossas convicções ou se continuamos nos baseando nas expectativas alheias.

Deixamos muitas vezes a vida no modo automático, reproduzindo comportamentos sem analisar e refletir, num estado de “cegueira”, de adormecimento inconsciente. Esses comportamentos condicionados são os que nos trazem, em algum momento, desconfortos, angústias, insatisfações, inadequações. Entretanto, de uma maneira positiva, também propiciam reflexões acerca do nosso verdadeiro eu, dos nossos valores reais e nos livram do peso do “Tenho que” e nos conectam cada vez com a nossa essência.

Autoconhecimento é um dos principais fatores que contribuem para o empoderamento da sua verdade e traz liberdade para criar sua realidade, sem julgamentos, máscaras ou medos de ser quem somos.

Captura de Tela 2017-08-23 às 10.02.55

Acompanhe nossas dicas e posts aqui e no Facebook. Se precisar de detalhamentos, fale conosco. Veja ao lado nossos emails e saiba sobre nossas soluções customizadas.

 

Christiane Takahashi