Você em Versão 2015

Mesmo que você seja um cético que acha que a mudança de ano não traz nenhum significado, é impossível ignorar o clima de recomeço que chega com o primeiro dia de janeiro. Agora que o ano iniciou, chega a hora de pensar sobre o que você quer dele.

important QuoteCertamente você pode ser um dos felizardos para quem tudo deu certo em 2014. Mesmo assim, vai ter que fazer diferente, pois o ano novo traz realidades também renovadas. Se você é um ser humano como eu, que teve bons e maus momentos, erros e acertos de comportamentos e decisões, ainda tem tempo de, com muito cuidado, fazer planos, definir estratégias e objetivos a serem alcançados em 2015.

Existem muitas maneiras de fazer isso, claro, mas eu vou lhe falar sobre o que acredito ser melhor. Se quiser, pode seguir minha dicas. Não dou garantia de sucesso, claro, pois não sou capaz de prever desígnios da natureza, mas sei que podem ajudar bem.

O primeiro passo para ser bem sucedido em um plano de ação é fazer uma análise a seu respeito. Autoconhecimento é fundamental para evitar armadilhas e gastar energia com coisas que não lhe servem. Importante saber qual é a imagem que tem de si mesmo. Mesmo se você tem dificuldade em se reconhecer, procure ser honesto consigo mesmo, sem super ou subestimar suas qualidade e fraquezas.Captura de Tela 2015-01-07 às 11.57.38

É bom saber como você é, para começar, se é um solitário, um gregário, introvertido ou extrovertido? Para planos de trabalho, tente definir quais são seus talentos, no quê você é bom, se lida bem com outras pessoas ou prefere longas e solitárias pesquisas? Gosta de trabalhar em equipe, tem capacidade de liderar outros, tem espírito empreendedor?

Analise como gastou sua energia em 2014 e veja se foi naqueles pontos que realmente são importantes. Muitas vezes, gastamos nosso esforço em coisas que não nos satisfazem sem nem ao menos pensar no assunto. Quando fazemos um balanço, percebemos que tempos e dedicação a bobagens podem ter faltado em buscas e metas não atingidas que poderiam ter feito muita diferença na nossa vida.

Captura de Tela 2015-01-07 às 12.02.46Faça uma lista de pontos nos quais você precisa concentrar seu foco para atingir objetivos mais enriquecedores. Se quiser, use uma Roda da Vida, instrumento comum em processos de coaching e aconselhamento de carreira, disponível em inúmeros sites que tratam do assunto. Eu costumo imprimir duas, uma para o ano que passou e outra para o novo ano. Preencho com cores bem chamativas e deixo à mão como um lembrete constante.

Liste seus sonhos a realizar em 2015 e, a partir deles, estabeleça metas, datas e, se conseguir, formas de atingir. Não esqueça de pensar em recursos. É bobagem estabelecer uma meta de conhecer a Tailândia se você sabe que não terá dinheiro ou tempo suficiente para tal. Metas precisam ser realistas, pois se não forem poderão se tornar fontes de frustração que arrasarão sua autoestima.

Captura de Tela 2015-01-07 às 12.05.38Outro detalhe importante é que você não precisa – e provavelmente não vai conseguir – fazer tudo sozinho. Pense em quem poderá ajudar ou atrapalhar numa ou outra tarefa, busca de recursos, ou outra coisa qualquer. Compartilhe seus planos com pessoas que você tem certeza que não irão boicotá-los, elas poderão encontrar saídas em situações de impasse.

Finalmente, não deixe de fazer o acompanhamento de seu plano Você Versão 2015. Isso ajudará a corrigir rumos, acelerar ou atrasar tarefas, rever o que deixar de fazer sentido. Eu lhe desejo o melhor do Ano Novo!!!

 

 

 

 

 

 

Faça 2011 valer a pena, ainda dá tempo!!!

2011

O ano está acabando e chegou aquela hora de fazer o balanço, somar vitórias e comparar com insucessos, somar alegrias e confrontar com tristezas, enfim, é hora do balanço. O resultado desse balanço pode influenciar – e muito – a maneira com que você começa o novo ano, se de forma positiva ou negativa.

Pode ser que seu ano tenha sido perfeito, maravilhoso, um sucesso acima de qualquer dúvida. Parabéns! Esse é um privilégio de poucos. Agradeça aos Deuses, curta a sensação maravilhosa de ter obtido tudo o que almejou e para o quê você lutou. E inicie 2012 animado, cheio de energia, para continuar vencendo, colhendo os melhores resultados em todas as suas iniciativas.

Entretanto, pode ser que, como eu, você tenha tido um ano com altos e baixos, vitórias e derrotas, alegrias e tristezas, sucessos e frustrações. Não conseguiu aquele trabalho que queria? Isso deixa qualquer um frutrado, certamente. Foi demitido? Isso, então, arrasa com a gente, independente de depois você descobrir que foi a melhor coisa que aconteceu na sua vida em anos. A namorado ou o namorado lhe deu um fora? Essa é barra pesada, não?

Bem, exemplos de momentos difíceis são milhares e não vou ficar aqui mexendo nas feridas de ninguém, até porque também tenho as minhas. Afinal, estou aqui para lhe contar como decidi fazer com que 2011 tenha valido a pena, mesmo que não tenha sido perfeito, e como isso vai me ajudar a iniciar 2012 com sabor de vitória.

Faltam 15 dias para o ano terminar. Sabem o que estou fazendo para aumentar minha conta de felicidade? Estou vivendo pelo menos um momento feliz por dia, escolhido, buscado por mim mesma, sem correr o risco de dar errado, mesmo aquelas coisas que eu não faço sozinha. Nada muito esplendoroso, claro, nem mesmo muito caro, porque nem sempre o dinheiro está sobrando, especialmente nessa época do ano.

Então, ontem, por exemplo, escolhi almoçar um cheese salada com milkshake de chocolate do Joaquin’s, uma lanchonete no Itaim aonde eu não ia há uns 10 anos. Uma orgia de calorias, tão diferente das saladas, queijo de cabra, pão integral e outras delícias da comida saudável… Foi maravilhoso, fiquei feliz, mesmo que depois não tenha conseguido jantar. Voltei a ser criança por uns momentos, senti que estava fazendo uma traquinagem. Você acha uma bobagem? Tente fazer, vai ver que sentir-se uma criança pode ser uma sensação muito gratificante e leve. Foi para a conta dos meus bons momentos do ano.

Você pode escolher outras tantas coisas gostosas de fazer, por exemplo, começando por arrumar aquela gaveta da sua mesa que está atulhada de papéis. Certamente você vai encontrar um monte de lixo, papéis velhos, inutilidades, mas quem sabe encontra o canhoto do teatro que foi com seu melhor amigo, ou mesmo o tíquete do museu que você conheceu em Londres? Isso fará você lembrar desses momentos e resgatar um pouco da felicidade que sentiu na ocasião. E vai somar mais um pontinho positivo para 2011, certo?

Talvez você possa convidar um amigo – amiga – querido para um café. Claro que passe longe de convidar aquela pessoa que ficou de ligar e nunca ligou. Você pode ser rejeitada outra vez e aí vai somar ponto negativo para o ano. Seja esperto, busque apenas pessoas que você tem certeza que gostam de você e da sua companhia. Nada de querer definir relações mal resolvidas nos últimos dias do ano. Deixe essas para lá, em janeiro você vai ver se vale a pena mexer.

Outras coisas bem gratificantes são resolver um problema pendente, mesmo que pequeno, tipo encontrar um documento perdido. Coisa boa é ir na Receita Estadual e receber a devolução do ICMS – na seman que vem vou atrás -, comprar um presentinho para você mesmo. Pode ser até telefonar para alguém, fazer uma gentileza para sua tia, sei lá, coisas que você vem adiando e das quais precisa se ver livre ou podem lhe trazer uma satisfação extra.

Quem sabe você convida seu filho – filha – para ir ao cinema ao sair do trabalho? Ou para tomar um sorvete e caminhar no parque? Pode fazer isso sozinho também. Compre presentes de Natal sem pressa, passeando em frente das lojas e descobrindo uma coisinha ou outra que seus queridos possam gostar. Nada obrigatório, com horário para finalizar, tenha um passeio mesmo, tenha prazer nessa atividade. Ah, depois gaste um tempo fazendo os embrulhos, escrevendo cartõezinhos. Logicamente, se você não gostar de fazer isso nem tente. Aborrecimentos temos todos sem precisar buscar, não?

Enfim, pense em pequenas coisas gostosas e faça pelo menos uma a cada dia até o dia 31 e verá que seu astral vai mudar para melhor. Começar 2012 de bom humor pode ser o que fará seu novo ano ser um grande sucesso!

Festas de fim de ano, atenção para não descuidar de seu trabalho

O ano está chegando ao fim. Temos primeiro o Natal que é tempo de agradecer, de receber amigos e família, de comemorar com os colegas de trabalho. Natal é festa de dar e receber presentes, é hora de fazer uma retrospectiva e avaliar o ano que passou.

Em seguida, temos também o Ano Novo que, embora não faça diferença objetiva, é simbólico, dá entrada à mudança, a novas esperanças, desafios diferentes, decisões fortes. Mesmo que o dia 1˚ de Janeiro seja exatamente igual a todos os dias do mês de dezembro ou de novembro, ele parecerá diferente, com cara de início. Para muitas pessoas é um alívio, porque o ano foi ruim, frustrante. Para outras é a possibilidade de continuar a ter o que foi bom e acrescentar outras alegrias. De qualquer forma, é um tempo de muitas festas, dezenas de encontros entre amigos, muitas happy hours, jantares, almoços.

A tendência, tanto de quem quer se livrar rapidamente do ano que finda como de quem quer se despedir dele com carinho, é comparecer  a todos os eventos possíveis, divertir-se, curtir. É aí que podemos dar uma ou outra escorregada. Então, mais do que nos tempos normais, preste bastante atenção à qualidade do tempo que você está dedicando ao seu trabalho. São poucas as profissões que têm menos trabalho nessa época do ano. No geral, a maioria tem mais porque precisa encerrar o ano em várias versões.

Claro que você é animado e só por essa razão foi escolhido para fazer parte da comissão organizadora da festa de fim de ano dos seu departamento. Também sei que você é popular, portanto recebeu dezenas de convites para comemorações diversas. Cuidado, apesar de seu chefe dar a impressão de que está tão envolvido no espírito natalino quanto você, ele pode muito bem estar de olho nas tarefas que você não desempenhou direito. Ou, quem sabe, aquele colega invejoso aproveita a oporunidade para chamar a atenção dos outros para sua “falta de comprometimento com as metas da área”.

Dedique-se a organizar a festa, se você foi indicado para fazer isso, mas trabalhe horas a mais, dando conta de suas tarefas antes de cuidar do assunto. Se você não é organizadora, mas apenas convidada de uma ou mais festas, ainda assim tome cuidado para não chegar atrasada no dia seguinte ou mesmo com a cara de quem foi atropelada por um ônibus, depois de beber demais e dormir de menos. Melhore a maquiagem, tome alguma coisa que lhe dê energia e apareça animada e feliz com suas tarefas.

Se o evento for um almoço, não fique além da hora que deve estar de volta ao escritório. Sinto muito que você tenha que perder algumas fofocas ou a sobremesa, mas seu emprego é mais importante.  Tomando esse pequenos cuidados, você está pronto para divertir-se muito, ter momentos felizes e começar um novo ano cheio de energia e entusiasmo.