Escute a sua voz interna

Captura de Tela 2017-08-22 às 19.52.53Diferenciar o que é meu o que é do outro, é o passo mais importante na jornada do autoconhecimento.

Crenças, regras, padrões, modelos mentais são introjetados ao longo da nossa vida e o pacote muitas vezes vem formatado e quando percebemos estamos vivendo a expectativa do outro, da sociedade, da família, distanciando cada vez do nosso eu verdadeiro.

Vivemos em um mundo que valoriza os estereótipos, crescemos educados e “formatados” para um determinado padrão. Padrão de gênero. Padrão da família comercial de margarina. Padrão sexual. Padrão de carreira ideal. Padrão de lazer. Enfim, padrão para tudo.Captura de Tela 2017-08-22 às 19.55.27

São tantos padrões que dificultam enxergarmos se as ideias e pensamentos que temos são frutos das nossas convicções ou se continuamos nos baseando nas expectativas alheias.

Deixamos muitas vezes a vida no modo automático, reproduzindo comportamentos sem analisar e refletir, num estado de “cegueira”, de adormecimento inconsciente. Esses comportamentos condicionados são os que nos trazem, em algum momento, desconfortos, angústias, insatisfações, inadequações. Entretanto, de uma maneira positiva, também propiciam reflexões acerca do nosso verdadeiro eu, dos nossos valores reais e nos livram do peso do “Tenho que” e nos conectam cada vez com a nossa essência.

Autoconhecimento é um dos principais fatores que contribuem para o empoderamento da sua verdade e traz liberdade para criar sua realidade, sem julgamentos, máscaras ou medos de ser quem somos.

Captura de Tela 2017-08-23 às 10.02.55

Acompanhe nossas dicas e posts aqui e no Facebook. Se precisar de detalhamentos, fale conosco. Veja ao lado nossos emails e saiba sobre nossas soluções customizadas.

 

Christiane Takahashi

Crenças limitantes, livre-se delas para ter sucesso

Captura de Tela 2017-08-14 às 13.29.58Muitas vezes você se pergunta por que não consegue ser bem sucedido numa questão que é de grande importância, mesmo fazendo o que você considera um esforço enorme? Pois é, talvez você tenha crenças limitantes sem nem ao menos se dar conta. Sabe o que você pode fazer para dar um fim nessa situação? Uma das coisas que sugerimos e que pode ajudar enormemente é mapear suas crenças e descobrir quais delas estão dificultando seu caminhar.

Captura de Tela 2017-08-14 às 13.30.21.pngUm bom exercício é perguntar-se sobre o assunto e anotar suas respostas para ajudá-lo a refletir e livrar-se daquilo que o impede de crescer. Abaixo, você pode ver alguns desses pontos, que podem ser atacados verbalmente ou por escrito. Sempre recomendamos escrever pois essa é uma forma de concretizar efetivamente uma ideia.

  • Captura de Tela 2017-08-14 às 13.34.45Descreva os seus objetivos e  as sensações que atingi-los vão lhe trazer.
  • Quais as atividades do seu dia a dia que estão relacionadas a atingir seu objetivo?
  • Você acredita que pode alcançar seus objetivos?
  • Como você se sente sobre as pessoas que atingiram objetivos similares aos seus?
  • Algum pensamento negativo sobre seus objetivos?
  • Quais as escolhas que você está fazendo que continuam a impedi-lo de alcançar seus objetivos?
  • Quais são todas as forças e fragilidades que estão presentes na sua vida no momento?Captura de Tela 2017-08-14 às 13.36.24
  • Que esforços são necessários para trazer os resultados que você está buscando?
  • Você está realmente disposto a colocar tempo, esforço e recursos para atingir seus objetivos?
  • Quais são os seus maiores medos e dúvidas?

 

Ao responder a essas questões, abstenha-se de fazer julgamentos. Seja verdadeiro, sincero e não se recrimine. Se alguma das respostas não lhe agradar, não fique frustrado.  Pense que é uma oportunidade de ser melhor e mais focado no que pretende obter. Trabalhe com isso sozinho ou com ajuda profissional e vá buscar seu sucesso!

Captura de Tela 2017-07-17 às 16.13.57Quer saber mais? Entre em contato conosco por aqui ou através de nosso email. O projeto Apoiando o Futuro foi concebido para ajudar você a enfrentar suas dúvidas e encontrar a melhor versão de si mesmo.

 

Maria do Carmo Marini

Quer saber mais sobre você mesmo? Peça feedbacks

Captura de Tela 2017-08-02 às 12.26.40Uma das melhores maneiras de ampliar a autopercepção e reflexões sobre você é buscar uma visão externa, ou seja, peça para pessoas da sua rede de confiança apontarem quais seus pontos fortes e os de melhoria.

Deixe claro, que este é um processo de desenvolvimento pessoal e a sinceridade e imparcialidade serão fundamentais neste momento para o seu autodesenvolvimento. Esteja verdadeiramente aberto para receber as opiniões, sem medo e sem achar que deve se defender do que não gostar.

Captura de Tela 2017-08-02 às 12.27.46Pode ser que tenha pontos, principalmente os de melhoria, que sejam inicialmente difíceis de aceitar ou mesmo que você não concorde. Não os ignore, deixe no seu radar e pense a respeito. Inicialmente, quando alguém não se conhece profundamente, a tendência é fugir do lado sombra e muitas vezes deixar de ver que são pontos cegos.  A medida que você se descobre, tudo poderá fazer sentido.

Respeite o seu tempo e não se desespere por não saber responder todos os seus questionamentos, ou por não entender de forma clara determinadas emoções, sentimentos e atitudes. O processo de autoconhecimento é continuo e não será de um dia para outro que você saberá tudo sobre você. Autoconhecimento não tem fim, estamos em constante mudança e cada dia vem um novo insight, um novo olhar, um novo aprendizado.  Persista e invista em conhecer você. Não existe nada mais recompensador.

Captura de Tela 2017-07-17 às 16.54.16

Quer saber mais? Consulte-nos por aqui ou através de nossos emails. Nosso projeto Apoiando o Futuro tem como um de seus pilares o autoconhecimento.

 

Christiane Takahashi

Você vive hoje a vida que gostaria de viver por toda a eternidade?

Captura de Tela 2017-07-26 às 10.01.18A pergunta que dá título a esta coluna foi posta por Nietzsche.

Para responder é necessário um mergulho para dentro do seu eu e, quando isso acontece, surgem novas inquietações, proposições, dicotomia, desconforto? Tudo isso junto e misturado, não é?!

Autoconhecimento vem através de reflexões sobre você de maneira honesta. Não existe ferramenta mais profunda de empoderamento que o autoconhecimento.

Captura de Tela 2017-07-26 às 09.59.36É assumir um compromisso com a sua verdade em todos os sentidos e principalmente ser sua essência, deixar de lado as máscaras que veste e que às vezes não se dá conta.

Pergunte a si mesmo: se eu morresse hoje, morreria feliz?

Você está sendo a sua essência ou o que sua família ou padrões que sociedade “esperam” de você? Por que você acorda todos os dias? No que você acredita fortemente? Que atividades tem significado especial para você? Qual a sua visão da sua própria vida?

Essas perguntas te ajudarão na sua compreensão e são uma forma rápida de obter informações poderosas sobre a sua verdade.

Captura de Tela 2017-07-17 às 16.54.16

Quer saber mais? Acompanhe nossas postagens e fique atento a mais dicas de Apoiando o Futuro.

Entre em contato a qualquer momento por aqui ou através de nossos emails.

Christiane Takahashi

Mapeamento Emocional: Quem é você?

Captura de Tela 2017-07-17 às 15.22.31Autoconhecimento pode parecer extremante complexo e profundo, porém existem diversas maneiras de acessarmos o conteúdo do nosso eu de uma forma bem simples. O primeiro passo, é você querer realmente se conhecer e estar aberto para olhar para seu lado luz e seu lado sombra. Olhar para si, envolve uma visão realista, e as vezes não é fácil, mas estar conectado com a sua verdade, não tem preço!

Captura de Tela 2017-07-17 às 15.23.57Quer uma sugestão? Faça listas, com suas qualidades, talentos, pontos a desenvolver, coisas que você gosta, sonhos, desafios atuais, etc. A criação destas listas já é uma excelente maneira de parar um momento e olhar internamente propiciando uma profunda reflexão sobre você.

Captura de Tela 2017-07-17 às 15.26.41

Quando estamos abertos para olhar para nós mesmo, começamos a observar nossos comportamentos e atitudes, padrões repetitivos, fraquezas e isso aumenta a nossa possibilidade de desenvolvimento. O primeiro passo para mudança e melhoria é a consciência do que incomoda. E, à medida que o processo de autoconhecimento acontece, aumenta a consciência, autocontrole, segurança e você começa a se entender e se respeitar mais. Com isso as suas escolhas ficam verdadeiras para você.

O autoconhecimento é um processo que nunca tem fim, pois estamos em constante mudança. Essa é a parte mais incrível do nosso próprio ser, a possibilidade do novo e de nos reinventarmos a cada dia em uma versão melhor de nós mesmos.

Captura de Tela 2017-07-17 às 16.54.16Acompanhem nossas postagens e fiquem atentos a mais dicas de Apoiando o Futuro.

 

 

Chris Takahashi

Autoconhecimento, o ponto de partida, por Christiane Takahashi

Captura de Tela 2017-07-06 às 11.25.03O primeiro passo para o autoconhecimento é quando começo a olhar para mim, para meus sentimentos e emoções, meus desejos. Eu paro de olhar para os outros para provar meu próprio mérito ou para atender expectativas alheias.

Quando busco internamente as respostas, começo a aumentar a confiança em mim mesmo. Essa confiança me liberta de perguntar aos outros o que fazer e de ser dependente de orientação externa.

Ampliando nossa expertise

Captura de Tela 2017-07-04 às 11.34.47A partir de agora Executivas e Chiques conta com a colaboração de Roberta Holanda.

Roberta Holanda é consultora financeira, empreendedora e coach financeira. É economista e pós graduada pela Universidade Mackenzie, com MBA em Finanças pela Business School São Paulo. Tem 18 anos de experiência na área de controladoria e planejamento financeiro e estratégico de empresas multinacionais de grande porte nos segmentos de bens de consumo e varejo, siderurgia e serviços (Pepsico, Melitta, Whirpool, Novelis, EDS e Comgás) e 8 anos como empreendedora.

Ela traz seu vasto conhecimento para o projeto “Apoiando o Futuro”. Esse projeto, desenvolvido com RH Talento, tem por objetivo dar suporte a profissionais que estão em fase de transição de carreira. É baseado em três grandes pilares, a saber:

Captura de Tela 2017-07-04 às 11.12.30

Aguarde o Ebook, que será lançado em breve.

 

 

 

 

Quote of the Day – Planejamento de Carreira

Captura de Tela 2016-05-06 às 13.44.00Se você decidiu que vai fazer um planejamento sério para desenvolver sua carreira, aqui vão 5 coisas simples que poderão fazer a diferença:

  1. Antes de mais nada, tenha certeza de quais são os seus valores, aquilo em que você acredita e do qual não abre mão. Lembre-se, valores estão presentes em todas as escolhas que fazemos e nos definem como cidadãos, profissionais e seres humanos. Não adianta sair buscando um emprego onde suas crenças serão desafiadas pois isso lhe trará sofrimento e falta de motivação.
  2. Para buscar alguma coisa que faça sentido na sua vida, você precisa saber quem é. Se você gosta de interagir com os outros, poderá buscar um emprego onde relacionamento seja importante. Se você é mobilizado por causas socialmente importantes, poderá trabalhar em uma empresa que lhe isso em consideração. Se você tem habilidade para coordenar pessoas e mobilizá-las no sentido de serem mais produtivas, um cargo gerencial poderá lhe trazer bastante sucesso. Pense em momentos de sua vida em que lidou com situações parecidas e veja quando se saiu melhor. isso poderá ajudar no reconhecimento de seus potenciais.Captura de Tela 2016-05-06 às 12.58.34
  3. Obviamente, você precisa saber para o que é qualificado, pois não adianta querer fazer cirurgia se você não é médico formado e especializado. Algumas qualificações mais genéricas abrem diversas portas, mas elas precisam ser úteis naquilo que você pretende fazer. Faça uma lista de qualificações formais – aquelas para as quais você estudou e se especializou – e outras informais – aquelas que você desenvolveu em outros empregos.
  4. Gaste tempo e energia procurando as alternativas oferecidas pelo mercado, pois se você for atrás de alguma coisa que não existe ou não está disponível na região onde você pretende se estabelecer, outras escolhas precisarão ser feitas. Lembre-se que algumas regiões trazem oportunidades que não existem em outras, pois muitas dependem de características ligadas a desenvolvimento e vocação.
  5. Por último, escolha uma carreira que esteja conectada com o que é importante para você. Isso o ajudará a sentir-se realizado, feliz e, consequentemente, mais produtivo, abrindo novas possibilidades e facilitando sua ascensão.

 

 

Conhece-te a ti mesmo… Parte II

Continuando a conversa sobre esse relevante tema do autoconhecimento, recentemente descobri na Harvard Business Review um grupo de testes que analisam desde o que eles chamam de “eu físico”, passando pelo “eu pensante” e chegando ao “eu emocional”.

O “eu físico” é relacionado aos movimentos e funções fisiológicas e os testes ajudam a tomar decisões sobre trabalho e bem estar. A HBR apresenta o Sleep on It, para celular, o FItbit, o Jawbone Up e o Nike+FuelBand. Ainda não experimentei, mas vou tentar certamente.

O “eu pensante” é relacionado a rotinas, hábitos e produtividade de quem trabalha com conhecimento. As ferramentas de análise mostram como seu pensamento “viaja”, o que chama sua atenção durante um dia de trabalho e ajudam a autodisciplina. A revista cita o Voyurl, o RescueTime, o Quantified Mind e o capacete Epoc.

As ferramentas que medem o “eu emocional” mostram a relação entre seu humor e a tomada de decisões, as situações e as ações no plano profissional. Alguns, como o MoodKit monitoram o humor ao longo do tempo, sugerindo inclusive como melhorar. Achei esse muito legal. Aparentemente, você pode mudar a forma como enfrenta um desafio e a ferramenta mede como você está após essa mudança. Ainda são citados nessa linha o MoodPanda, o 750 Wirds e o Mappiness.

Essas avaliações são destinadas, claro, a quem quer fazer um monitoramento profundo de si mesmo e eu só as trouxe aqui porque achei uma novidade muito interessante.

Entretanto, para quem está iniciando uma busca por autoconhecimento, as ferramentas tradicionais são mais do que suficientes. Descubra-se, você poderá se surpreender e quem sabe, encontrar caminhos inesperados que vão levá-lo a um melhor desempenho e a uma maior felicidade. Os gregos estavam certos…

Ó homem, conhece-te a ti mesmo e conhecerás os deuses e o universo

(inscrição encontrada na entrada do Oráculo de Delfos, na Grécia)

Conhece-te a ti mesmo… Parte I

Tenho quase certeza de que um dia você se perguntou: o que estou fazendo nessa empresa? Ou disse para você mesmo: esse trabalho não tem nada a ver comigo, será que não existe alguma coisa que me deixe mais feliz?

Dúvidas nos acompanham a vida inteira e se tivermos respostas satisfatórias não passarão disso mesmo. Entretanto, se a dúvida persistir, se ela fizer você sofrer, chegou a hora de buscar respostas mais adequadas.

Saber quem e como você é, o que quer da vida, quais são os valores que o guiam, o que lhe traz motivação, lhe dá energia e lhe traz felicidade é fundamental para ir em frente.

Conhecer-se não é uma tarefa fácil. Mais fácil é nos autoenganarmos e fingirmos que somos aquilo que idealizamos. Entretanto, em se tratando de carreira, todos os melhores estudiosos do tema recomendam que se você quiser sucesso, precisa iniciar com o autoconhecimento.

Quanto mais eu estudo, mais me convenço de que eles têm razão e lamento profundamente não ter tido acesso, quando comecei a trabalhar, aos inúmeros instrumentos disponíveis e aos aconselhadores – que hoje já são comuns -, para fazer minha carreira muito mais bem-sucedida e feliz.

Decidindo se conhecer, você tem duas alternativas para começar. Se a reflexão solitária não lhe parece eficiente, você pode pedir ajuda de especialistas. Se não quiser ajuda e estiver convencido que isso não é uma desculpa para continuar se enganando, existem inúmeros testes que o ajudam a se definir melhor.

Testes que dão uma ideia do seu tipo psicológico ajudam muito. Você verá que se for um introvertido, estará no lugar errado se estiver num trabalho que exija contatos com muitas pessoas, onde você precise se envolver em questões vindas do mundo exterior. Se sua posição exigir que você passe por cima do que os outros pensam e de como suas próprias decisões afetam a vida deles, você não poderá ser do tipo sentimento. Enfim, seu tipo psicológico pode ajudá-lo a entender porque você age de determinadas maneiras e porque certas coisas não lhe servem.

Testes que definem quais são os motivadores para sua carreira, com o você se sente mais confortável e mais energizado também podem ser muito úteis. Outros que definem a maneira como você se comunica com os outros também são importantes para você ficar atento e não deixar de “dar seu recado”, se for um ou outro tipo de comunicador. Vários desses testes têm versões reduzidas disponíveis na Internet. Provavelmente deixam alguma nuance de fora, pois não são tão completos, mas podem lhe dar pistas que, se você quiser, poderão ser melhor esploradas com um Consultor de Carreira ou Coach.

A maioria desse testes é baseada em perguntas sobre como a pessoa se comporta em situações do cotidiano. A partir daí são definidos tipos e características que se aplicam mais ou menos, de acordo com a intensidade que cada traço se apresenta. É claro que cada pessoa tem individualidades específicas que nenhum teste será capaz de detectar, mas para ter uma visão geral de você mesmo eles podem ser muito eficientes.

Logo mais, continuarei a falar a respeito do assunto…