Quando a imagem pessoal se mistura à profissional

Ninguém tem nada a ver com sua vida pessoal, portanto você pode se comportar de qualquer jeito em qualquer ambiente, certo? Lamento, mas está errado. Existem alguns lugares e momentos que sua vida pessoal esbarra na sua vida profissional e, se você não quiser passar a imagem errada para as pessoas com que trabalha, vai ter que tomar cuidado.

Sua vida pessoal pode esbarrar em sua vida profissional em eventos sociais, por exemplo. No clube, na festa de aniversário ou de casamento, no restaurante da moda, na balada. Você pode estar decidido a encher a cara para se consolar do fora da namorada, mas fazer isso num lugar onde você não sabe quem está assitindo é um risco. Você pode ter decidido que não vai voltar para casa sozinha hoje, mas ficar azarando todos os caras da festa pode fazer você dar de cara com seu chefe ou outro importante personagem do seu trabalho. A confusão está feita, sua imagem vai ficar meio comprometida por uma bobagem.

Outras ocasiões em que sua vida pessoal pode misturar com a profissional é durante suas férias. Claro que férias é momento de andar descontraído, à vontade. Ser mais formal é coisa de trabalho, você nem quer pensar em usar sapato e meia quando está de férias. Bem, então não marque um almoço com um colega que está trabalhando naquele restaurante que você sabe que seu chefe frequenta, vá desfilar seu chinelo e sua bermuda em um lugar fora do seu circuito de trabalho.

Nas mídias sociais, então nem se fala. Claro que você quer que suas amigas vejam o gato que esteve com você no maior amasso, mas envie as fotos por email, não precisa postar no Facebook. Você pensa que recrutadores para emprego não dão uma olhada nos seus dados? Depois do Google, é muito difícil ser totalmente desconhecido. Eles vão buscar seu nome no Linkedin, mas certamente também vão dar uma olhada no Facebook onde você postou uma foto com um copo na mão e cara de quem levou uma trombada. Se o emprego é numa empresa mais conservadora, já era, você nem vai ser chamado.

Enfim, não quero dizer que você nunca mais vai descontrair com medo de perder o emprego, é claro. Só quero alertar para o fato de que você pode fazer tudo isso sem dar publicidade. Beba entre amigos e família, envei fotos mais comprometedoras para pessoas escolhidas e de confiança, paquere sem medo mas não faça propaganda de promiscuidade, vista-se como se sentir melhor, mas faça isso fora de deu circuito de trabalho. E seja feliz, é claro!

Cuidados com a pele podem melhorar muito sua aparência – pele mista

Voltando à questão da pele (você certamente viu o post anterior que trata da pele oleosa, certo?), gostaria de falar um pouco da pele mista, ou seja, aquela que tem partes oleosas e partes secas. Eu tinha dito que a pele oleosa era a mais difícil? Errei, a mais difícil é a mista porque mistura dois tipos e exige cuidados redobrados.

Na pele mista, a oleosidade se instala na zona T (testa, nariz e queixo), os poros ficam dilatados, mas as outras áreas são secas.  Você deve usar cosméticos que equilibrem essas características que são opostas. Para limpar, por exemplo, use loções leves ou mousses que não são agressivas. O hidratante tem que ser oil free e o filtro deve ser um gel-creme. Se sua pele fica irritada e vermelha quando você usa algum produto para controlar a oleosidade na zona T, fuja de componentes irritantes como álcool e ureia.

Manchas aparecem muito facilmente nesse tipo de pele e são relacionadas ao sol. As morenas têm manchas marrons, com maior concentracão de melanina e as claras ficam com muitas sardas. Use filtros solares fluidos e com alta proteção UVA e UVB. Bons produtos para clareamento dessas manchas contêm arbutin (hidroquinona estabilizada de alto poder despigmentante) e ácido kójiko (substância produzida por um cogumelo japonês chamado Koji, não mancha se a pele é eventualmente exposta ao sol). Prefira usar para limpeza da pele aqueles produtos que controlam a oleosidade sem ressecar.

Passou dos 50 e ainda mantém a oleosidade na zona T, mas as áreas mais ressecadas estão flácidas e com marcas de experssão? Olhe, sua pele precisa de mais hidratação, mas não aceita bem produtos gordurosos, portanto preste atenção na hora de comprar. De qualquer forma, não deixe de escolher um limpador suave. Use antiaging que inclua retinoide (ácido retinóico que estimula a formação de colágeno novo, responsável pela distenção e elasticidade da pele).

O ácido retinóico clássico (manipulado ou já pronto como Retin-A, Retinova ou Vitanol), apesar de ser antigo, ainda é o melhor tratamento para foto-envelhecimento, manchas senis e asperezas que aparecem na pele. Quando você começa a usá-lo ele pode irritar sua pele. Se isso acontecer use uma noite sim e outra não, até que esteja mais acostumada. Só então use todas as noites. Se você pretende tomar sol, não use o creme dois dias antes pelo menos, pois o sol pode manchar sua pele. Seu filtro solar também deve ter um componente anti-envelhecimento que, além de proteger, ajuda a segurar o processo de perda de elasticidade da pele.

Repetindo o que falei no post anterior, essas dicas falam de produtos encontráveis em farmácias e perfumarias, para aquelas que não têm tempo ou dinheiro para frequentar regularmente um dermatologista. Espero que ajude, pois uma pele bem cuidada dá um up significativo à aparência de qualquer uma.