É informação demais!!! Como administrar tudo isso?

Confetes e News

Se você tem em comum comigo essa curiosidade imensa em saber de tudo o tempo inteiro, então fica viajando na Internet, assina jornais e revistas, compra outro tanto na banca, além de livros, filmes, cursos… De repente percebe que não está dando conta de ver e aprender tudo. Frustrante, não? Lamentavelmente não temos tempo ou cérebro para reter toda a informação que nos fascina e queremos ter. O pior é que muitas vezes nos damos conta que perdemos tempo e espaço em nosso hard drive com coisas que não são absolutamente úteis ou interessantes para nossa vida.

Bem, a única maneira que vejo para lidar com essa situação é estabelecer uma certa disciplina, de tal forma a aproveitar melhor a oferta ilimitada de conhecimento. Em primeiro lugar, defina prioridades de acordo com seus interesses principais. Por exemplo, se seu momento profissional é de crescimento, está buscando um lugar de gerente ou diretor, obviamente informações ligadas a liderança eficiente e criativa devem estar na sua lista de assuntos importantes. Se está no final da carreira corporativa e pensando em ter sue próprio negócio, todos os assuntos relacionados a empreendedorismo, administração, finanças são importantes.

Certamente você deve deixar espaço para aqueles assuntos de seu interesse pessoal, por exemplo, esportes ou viagens. Também precisa considerar com atenção aqueles ligados aos relacionamentos, mesmo que seu foco seja somente profissional. Sua rede de contatos sempre é importante, então redes sociais e profissionais têm seu lugar no seu dia-a-dia. Entretanto, escolha quais pessoas dessas redes realmente são importantes e interessantes, não precisa seguir todo mundo no Twitter para estar conectado com o mundo.

Reserve horários para acessar emails, conversar no Facebook, ler revista, livros, jornais e outras fontes de informação. O Twitter traz muita informação on line, portanto deixe seus contatos do Facebook para um horário definido, por exemplo. Se você assiste a um jornal da TV não precisa ouvir o do rádio ou ler o da Internet. As revistas semanais trazem um resumo da semana que passou, inclusive emitindo opiniões, mas você não precisa saber de todas.

O mais importante, entretanto, é fazer boas escolhas quando se tratar de sua formação. Antes de se inscrever em um curso, pense bem em quanto esse curso vai contribuir para melhorar algum ponto fraco do seu currículo. Avalie o quanto você irá utilizar esse novo conhecimento para implementar seus projetos.  Especialmente, não decida fazer um ou outro curso baseado no que seus colegas têm de formação adicional à sua. Comparar-se o tempo todo com os outros pode lhe trazer angústia e insegurança. Busque o que é bom para você, independente do que os outros achem importante para eles.

Bem, tudo isso exige reflexão e disciplina. Eu, mais do que ninguém, sei o quanto o conhecimento é algo tentador e viciante, aliás sofro desse vício em sua forma mais aguda. Entretanto, se você não controlar, isso poderá se transformar em um problema para sua vida. Cuide-se e seja cada vez mais feliz e bem sucedido!

Conversar é uma arte: cuidado para não errar

Confetes e News

Uma boa conversa em ambientes sociais ou de trabalho pode lhe dar a chance de atingir muitos objetivos importantes na vida. Conversando você mostra que é inteligente e competente no trabalho. Desenvolvendo bem um ou muitos assuntos, você faz as pessoas perceberem que está bem informado, ligado no que acontece. Mostra também que tem charme e é interessante se pretende conquistar alguém.

Entretanto, existem detalhes que podem arruinar sua atuação. Por exemplo, numa roda de amigos, colegas ou apenas conhecidos ocasionais, não fique contestando a fala do outro, especialmente se você estiver nervoso. Se não concordar com nada do que seu interlocutor está dizendo, saia de perto. Ficar batendo de frente não ajudará você a mostrar suas qualidades. Perder a paciência, então, vai fazer você parecer descontrolado.

Outro pecado mortal numa roda é você demonstrar intimidade com alguém em posição de autoridade. Mesmo que seja seu  amigo pessoal, em público jamais chame pelo apelido de infância ou faça qualquer gesto mais íntimo. Se esquecer a liturgia do cargo de alguém poderá conquistar antipatia tanto do desrespeitado quanto dos que estão ao redor, que vão achá-lo um exibicionista.

Reclamar da sua vida em todas os grupos em que você se encontra vai aborrecer as pessoas. Especialmente se estiver mais de uma vez com esses interlocutores, não fique reclamando da sua vida. Deixe para fazer isso em casa, com sua mulher, seu marido, sua mãe, ou arranje um terapeuta e vá chorar suas mágos no consultório dele.

Não finja que tem opinião sobre um assunto se você vai apenas repetir a opinião de outra pessoa. Se achar que essa opinião parece correta, comente, mas não assuma como sua. Dê o crédito ao autor, deixe claro que você concorda e explique porque, você não precisa ser original em tudo o que pensa – nem conseguiria! Quem compartilha ideias está compartilhando conhecimento, um bem super valorizado atualmente.

Não seja um espirituoso compulsivo, pois pode até ofender alguém sem querer. Apesar de haver muita discordância, é muito melhor perder a piada do que o amigo, pode crer. Tem muitas pessoas cujo senso de humor é  mais limitado e podem achar que você é um palhaço em todos os setores da sua vida. Você não acha que esse rótulo é o melhor que pode ter, tenho certeza, a menos que esteja procurando um emprego de humorista na TV.

Outra coisa que ninguém de bom gosto perdoa é quem fica falando dos preços altíssimos que pagou pelas coisas que tem, ou das pessoas importantíssimas com quem tem amizade. Isso é muito chato e passa a impressão de que você não gosta muito do que é, então precisa aumentar seu valor com o que tem ou com suas relações. Ter não é o melhor valor que você pode oferecer aos outros, tenha certeza. Seja você mesmo, ainda que tenha alcançado sucesso financeiro para comprar as coisas mais caras do mundo. Existem outros meios de as pessoas saberem do seu sucesso.

Enfim, conversar é mesmo uma arte que precisa ser cultivada. Informe-se o mais que puder sobre os assuntos que estão gerando interesse, mesmo que seja a novela da Globo. Reflita sobre os temas da atualidade, assuma posições, tenha opinião. Você será um sucesso no trabalho, no clube e até na balada, ainda que nessa vai ser difícil alguém ouvi-lo.