Finanças no Início da Carreira

Captura de Tela 2017-08-25 às 15.37.31Nessa semana nossa Top de Finanças, Roberta Holanda, realizou uma palestra na USP, organizada pelo Escritório de Desenvolvimento de Carreiras. Com a participação de mais de 250 pessoas alunos de diversas escolas da Universidade, principalmente aqueles em final de curso, a palestra abordou questões fundamentais para quem inicia a vida profissional e ainda não sabe lidar muito bem com o dinheiro.

No primeiro momento, Roberta apresentou um breve cenário financeiro atual do mercado brasileiro e mundial, relacionando com os perfis mais adequados para esta realidade e o papel de protagonista que cada profissional tem na construção de seu futuro.

Captura de Tela 2017-08-25 às 15.51.18Na sequência, apresentou dicas de comportamentos e atitudes para as pessoas olharem para finanças de uma forma construtiva e sem receios. Mostrou ainda formas de  pensar que auxiliam a organizar ideias e planos atuais e futuros, mostrando o passo a passo para a apropriação definitiva de suas escolhas. Trouxemos para vocês algumas dessas dicas, veja abaixo:Captura de Tela 2017-08-25 às 15.51.35

  • A importância e diferença de se estabelecer metas e objetivos de curto, médio e longo prazos;
  • A busca do equilíbrio entre escolhas no presente e no futuro para viabilizar planos e sentir-se realizado e motivado;
  • A ferramenta de orçamento pessoal como auxiliar na construção de uma base sólida para conquistar a independência financeira, possibilitar a conquista de objetivos e proporcionar uma vida mais organizada, evitando desconfortos desnecessários, com clareza de prioridades, renda e gastos;
  • A compreensão do seu perfil de consumo, ferramenta essencial para descobrir onde está usando o dinheiro e se essa é a melhor forma de lidar com ele (priorização);
  • Comportamento dos variados perfis de consumo: pontos fortes e fracos;
  • As principais diferenças entre as opções mais comuns de investimentos: poupança, títulos públicos, CDBs, LCIs/LCAs, Fundos e Ações;Captura de Tela 2017-08-25 às 15.57.58
  • O efeito de começar a economizar hoje e daqui a 15 anos;
  • Apropriação de seu futuro, ele será o resultado de suas escolhas e atitudes. Sua chance de realização está no tempo presente;
  • Alguns aplicativos que podem ajudar a criar controle financeiro; e
  • Dicas de leitura para quem quer se aprofundar no tema.

Os alunos mostraram grande interesse e satisfação com os novos conhecimentos e o Ecar – Escritório de Carreira da USP – pretende repetir a experiência.

Captura de Tela 2017-08-25 às 16.15.40Roberta Holanda oferece essa e outras palestras relacionadas ao tema Finanças para diferentes públicos. Ela coordena o núcleo de planejamento financeiro do projeto Apoiando o Futuro, que atende a empresas de pequeno e grande porte, pequenos negócios, start ups e profissionais liberais na construção ou redirecionamento de seu futuro.

Acompanhe nossas dicas também no Facebook. Se quiser saber detalhes sobre nosso projeto, entre em contato conosco por aqui ou através de nossos emails.

 

Anúncios

Surpresa! Você gasta mais do que imagina…

Captura de Tela 2017-08-14 às 20.51.26Você costuma controlar seus gastos detalhadamente? Se não se preocupa com isso, prepare-se!!! Quando você fizer as contas, perceberá que a variação entre o que você acha e o que efetivamente gasta pode chegar, em média, em 40%.

Por que? Normalmente, lembramos dos gastos relevantes que temos no mês: prestação da casa, gastos com nossa educação ou dos filhos, financiamento do carro, contas de luz, água, gás e TV/telefone/internet, vestuário, academia, supermercado, combustível e saúde.

Captura de Tela 2017-08-14 às 20.55.40O ponto que faz diferença é que deixamos de lado detalhes que parecem não pesar, mas que podem ter efeitos surpreendentes no nosso orçamento: as despesas fantasmas. Tais despesas são os pequenos gastos que temos no dia a dia que não damos a devida atenção: um café após o almoço, aquela água durante um passeio, um doce no meio da tarde, um presente para a festa do final de semana, o churrasco que decidimos dar na última hora, um almoço de comemoração de aniversário ou encontro com amigos, os famosos happy hours, estacionamentos, multas de trânsito e outras mais. A verdade é que esses gastos, que separadamente parecem ser irrelevantes, podem fazer a diferença no final do mês.

Captura de Tela 2017-08-14 às 20.50.45Quer uma dica? Faça um teste por dois meses: primeiro elabore uma estimativa grosseira de seus gastos mensais e depois anote por dois meses TUDO o que você gasta. Faça um comparativo entre suas estimativas e seus gastos efetivos e veja onde realmente tem variações importantes. É claro que nem tudo pode ser evitado, mas você vai melhorar muito sua percepção de como gasta e onde tem alternativas de redução, caso necessário.

Esse é um investimento de tempo que traz controle para a sua vida e lhe dá ferramentas que irão lhe garantir uma vida hoje e amanhã mais tranquila e aumentar exponencialmente suas chances de concretizar seus planos para o futuro. Controle sua vida e diferencie-se da multidão.

Captura de Tela 2017-07-17 às 16.54.16

Quer saber mais? Entre em contato conosco por aqui ou através de nossos emails. Teremos prazer em lhe apresentar novas formas de lidar com seu dinheiro de forma racional.

Roberta Holanda

Quando vale a pena fazer um seguro de vida?

Captura de Tela 2017-08-04 às 12.51.53Seu planejamento financeiro será muito mais eficiente se você pensar no seguro como um aliado para equilibrar melhor sua vida. O melhor momento para fazê-lo é quando sua capacidade financeira de poupar ainda é pequena, ou seja, no começo de sua vida profissional ou pessoal. Os gastos são altos e seus ganhos limitados ou direcionados a comprar carro ou casa, educar e sustentar seus filhos ou preparar-se para o mercado. Hoje em dia, existem até seguros resgatáveis que podem valer muito a pena, se você contratá-los no momento certo. O montante que você contratou é garantido e parte dele pode ser resgatado quando ele não se fizer tão necessário, exemplo: quando seus filhos chegarem aos 24 anos ou mesmo para quando você achar que conseguirá poupar uma quantia segura para financiar a sua idade de ouro ou dar uma vida segura para seus entes queridos.

Captura de Tela 2017-08-04 às 12.54.05A contratação de um seguro de vida deveria estar ligada diretamente a nossa busca por tranquilidade, para garantirmos que se não estivermos mais aqui, alguém não será severamente prejudicado, ou ficará sem auxílio monetário imediato. Exemplo clássico seria um filho pequeno, que não tem capacidade de gerar renda; teríamos no seguro uma ótima opção, caso você não possua capacidade de criar ou ter uma reserva financeira que lhe garanta um futuro próximo. Ainda há muitas pessoas que pensam equivocadamente quando se trata de seguro de vida para jovens, solteiros ou casais sem filhos, mas, lembre-se que até o próprio segurado poderá contar com uma indenização caso encontre-se inválido (de forma total e permanente) em decorrência de uma doença ou acidente. Apesar de não gostarmos de considerar tais cenários, eles podem acontecer e ter a consciência da proteção do seguro deixa qualquer mente mais tranquila.

Se você busca alternativas para viver com mais tranquilidade, usando os princípios do planejamento financeiro, avalie seriamente a contratação de um seguro. Informe-se!!!

Captura de Tela 2017-07-17 às 16.54.16

Quer saber mais? Entre em contato conosco por aqui ou através de nossos emails. Temos um projeto completo para ajudar você a construir seu futuro!

 

Roberta Holanda

O que fazer com o dinheiro que você guardou até hoje?

Captura de Tela 2017-07-24 às 13.32.18Fica cada dia mais difícil mantermos o valor do dinheiro em um país que está novamente sofrendo com altas inflacionárias. Entretanto, temos formas de buscar maior rentabilidade. Para tal, precisamos nos programar para cada momento de nossas vidas.

Aqui vai, portanto, uma dica importante: imagine seus planos de curto, médio e longo prazos e separe seu dinheiro em partes que façam sentido para cumprir seus objetivos. Quando você determina o que quer ser ou fazer dentro do ano, nos próximos 5 anos e mais a longo prazo, você começa a direcionar seu dinheiro para tornar seus planos possíveis.

Captura de Tela 2017-07-24 às 13.32.01Veja o exemplo de uma viagem internacional: programe-se com antecedência, busque as melhores opções de hotéis, passagens e etc, faça reservas, levante quanto tempo e quanto dinheiro você irá gastar em cada lugar e comece a economizar. Se você fizer isso, vislumbrando o futuro, você o tornará possível.

Quando sabemos que o planejamento de gastos pode estar em um horizonte maior de tempo, o melhor é buscarmos aplicações que possam rentabilizar esse dinheiro, enquanto estamos trabalhando para obter nossos desejos. O dinheiro pode ser aplicado em fundos ou letras imobiliárias ou agrícolas, tesouro direto, etc. Com mais tempo para resgate é possível conseguir uma rentabilidade acima daquela obtida nos fundos de curto prazo. Você pode procurar agentes independentes de investimentos que podem auxiliá-la a fazer uma cesta de investimentos conveniente para cada momento que você planeja de sua vida.

Captura de Tela 2017-07-24 às 13.34.45O importante em qualquer momento é termos claro o que desejamos e sermos capazes de corrigir os rumos de nossas escolhas e planos de acordo com nossas realidades. Mantenha-se informado!!!

E se você ainda não começou a fazer sua reserva??? COMECE HOJE MESMO!!!!

Roberta Holanda

 

Captura de Tela 2017-07-17 às 16.54.16

Quer saber mais? Entre em contato conosco. Nós temos soluções customizadas para pessoas ou empresas; disponibilizamos palestras, oficinas e treinamentos e ainda oferecemos coaching individual.

Se não quiser enviar uma mensagem por aqui, veja ao lado nossos emails.

 

Evite os gastos sem controle no momento de sua transição

Captura de Tela 2017-07-17 às 16.39.06Sabemos que hoje uma ferramenta muito usual para financiar nosso consumo é o CARTÃO DE CRÉDITO… E ele, se bem usado, pode ser uma grande aliado. Entretanto, se não tivermos controle sobre nossos gastos, isso pode se tornar uma grande dor de cabeça.

Em um momento que estamos sem renda certa, após termos deixado um emprego ou até mesmo, quando estamos buscando nossa verdadeira vocação, temos a tendência de parcelar nossos gastos, como se isso fosse reduzir o que temos a pagar no final de um determinado período. Captura de Tela 2017-07-17 às 16.38.44Verdade seja dita, quanto usamos o parcelamento de forma controlada e com consciência, ele ajuda muito, mas se começamos a somar diversas parcelas em nossos pagamentos futuros, poderemos chegar em uma situação que o montante total a pagar no final do mês ficará acima de nossa possibilidade imediata de pagamento e aí vêm o grande problema: pagar um valor menor que o total da fatura.

Captura de Tela 2017-07-17 às 16.44.38.pngHoje, o que pagamos sobre financiamento do cartão de crédito é o maior juro que o mercado cobra e em pouco tempo essa dívida pode dobrar. Se você esta endividado no cartão, sem a capacidade de pagar a fatura que recebe, busque negociar isso o quanto antes. Existem linhas de financiamento disponíveis no mercado com juros muito mais baixos, tais como o crédito consignado ou empréstimo pessoal.

Outra sugestão interessante é, se você descobriu que precisa passar por uma transição, busque encerrar os parcelamentos que você já possui no cartão, compre somente aquilo que você sabe que poderá pagar em 30 dias (sem parcelamentos), e postergue qualquer compra parcelada que não seja urgente. Assim, você terá um controle mais apurado de seus gastos e evita surpresas futuras.

Captura de Tela 2017-07-17 às 16.54.16Quer saber mais? Acompanhe nossos posts ou entre em contato conosco.

 

 

 

                            Roberta Holanda

Quanto Custa um carro? por Roberta Holanda

Captura de Tela 2017-07-06 às 10.59.05
O sonho do carro próprio pode virar um pesadelo em pouco tempo… Fique atento!!!

Quando entramos em uma concessionária, muitas vezes tudo o que vemos é o valor das prestações que pagaremos e se elas cabem em nosso bolso. E mesmo que você possua o dinheiro para comprá-lo à vista, o ponto é que essa é uma parte do que precisamos quando adquirimos um carro.

Veja a relação do que você deve considerar no seu orçamento para manter um carro durante um ano:

Captura de Tela 2017-07-06 às 11.09.34

E aí vão alguns esclarecimentos:

  1. Custo de oportunidade é o juros que seu dinheiro poderia estar rendendo no banco, se estivesse aplicado, isso pensando no juros da poupança (6% a.a.);
  2. Reposição em 10 anos – digamos que você vai querer ter um carro do mesmo padrão e vai compra-lo daqui a 10 anos.. Vamos combinar, que no Brasil, trocamos o carro bem antes? Ou seja, você tem que economizar esse dinheiro para comprar o novo no decorrer do tempo;
  3. Manutenção baseia-se em algumas pesquisas, ela é reduzida no momento do carro zero e vai aumentando conforme o tempo do veículo.

Captura de Tela 2017-07-06 às 11.12.19Chegamos, então ao primeiro choque de realidade: só para o carro estar na sua garagem ele custa o valor de compra, mais 32% ao ano… Na melhor das hipóteses.

Depois vem o que precisamos para o dia-a-dia, combustível e estacionamento/zona azul (cada vez mais comum na zona urbana). O que achávamos que era o necessário para andar com o carro é a menor parte da sua despesa, ou seja, 6%.

Portanto, faça seu planejamento com cuidado. Tente se informar, principalmente, sobre os valores de seguros do carro que você deseja ter. Ele pode influenciar bastante na sua decisão. Mas lembre-se, o melhor sempre é parar e fazer as contas antes para ver se seu orçamento vai conseguir cobrir, pelo menos as despesas obrigatórias: Taxas, Seguro e Combustível.

Não é à toa que tantas pessoas hoje estão tendendo, cada vez mais, à uberização!!!

 

Apoiando o Futuro, um projeto para lidar com o mundo atual

Captura de Tela 2017-07-10 às 12.42.42.pngO mundo vive hoje um processo de mudanças contínuas e rápidas, tornando-se mais complexo e difícil de interpretar a cada instante. As inúmeras variáveis que interferem na trajetória de empresas e profissionais atualmente exigem um trabalho constante no sentido de buscar autenticidade, essência, consistência em seus valores e crenças.

Captura de Tela 2017-07-10 às 12.43.50.pngÉ fundamental ter clareza de objetivos e propósitos, agir de forma simples e de fácil compreensão para criar sentido para ações e projetos. Conversas inteligentes, processos de autoconhecimento, pensamento crítico, reflexões compartilhadas, resgate da sabedoria, da intuição, da criatividade e da resiliência são ferramentas que nos levam a sobreviver com sucesso à complexidade atual.

Pensando nisso criamos o projeto Apoiando o Futuro, um projeto de apoio a processos de transição. Transições são momentos desafiantes tanto para empresas quanto para profissionais. Nosso projeto atua nesse momento sensível. Oferecemos soluções para as pessoas e para as empresas que se preocupam com seus colaboradores.

Apoiando o Futuro não é um exercício de futurologia, mas uma forma de apresentar instrumentos para as pessoas que querem abordar as mudanças profissionais e pessoais com segurança e objetividade. É baseado em três pilares:

Captura de Tela 2017-07-06 às 12.05.28

 

Mapeamento Emocional

Planejamento Financeiro

Construção da Transição

 

Iniciamos o projeto publicando posts com dicas relacionadas ao assunto para estimular o pensamento daquelas pessoas que começam a se movimentar em direção a outra realidade pessoal ou profissional. Estamos elaborando um eBook com as principais dicas relacionadas ao assunto. A partir de agora, já temos no nosso portfólio os seguinte produtos:

Captura de Tela 2017-07-06 às 12.10.01

 

Quem somos:

Captura de Tela 2017-07-06 às 12.14.52

Quer saber mais? Entre em contato por aqui ou na nossa página do Facebook. Teremos prazer em lhe fornecer todos os esclarecimentos.