É melhor mais? Ou menos?

Mais de uma vez me perguntaram e eu mesma tive essa dúvida em diversas ocasiões: é melhor estar mais arrumada do que o resto das pessoas ou o contrário? Outro dia mesmo, na palestra que fiz no Encontro Anual de Secretárias do Brasil, uma jovem que trocou de emprego e foi trabalhar numa empresa mais informal levantou a questão. Ela trouxe com ela o padrão da empresa anterior, mas na nova isso parecia excessivo e estava difícil a adaptação.

Bem, pessoalmente eu sempre preferi estar mais arrumada do que menos. Seja num evento, seja no escritório, seja em qualquer ambiente em que você é notada, é preferível destacar-se como aquela mais chique do que como a mais desleixada. Sabe como é, imagem produz reflexos na avaliação da qualidade do trabalho que você poderá entregar. A imagem de bem cuidada passa a impressão de que você cuida do seu trabalho com o mesmo esmero. Já a de desleixada, bem…

Claro que, se você vai trabalhar no chão de fábrica ou numa obra, não vai aparecer para trabalhar com um salto 15, um vestido de seda ou algum exagero evidente (aliás, esses não combinam nem com escritório). Parto do princípio que você sabe o que é adequado para o tipo de trabalho que vai exercer. Esse é um dos princípios básicos do ser elegante: usar a roupa certa para cada ocasião. Recomendo apenas que, dentro desse princípio, você não abra mão do seu padrão para contentar pessoas que não tiveram ainda a oportunidade de aprender a lidar com a imagem de forma mais conveniente.

Entretanto, sei que o mais difícil quando você se destaca sendo mais bem arrumada, mais bem vestida, mais bem penteada é “segurar a onda” de comentários, olhares e risinhos daquelas que acham que você pode ser esnobe, metida, diferente. Bem, isso só tem jeito com o tempo, depois que você demonstrar que pode ser uma boa colega, cooperativa, leal, eficiente.

Enquanto controi essa imagem e demonstra suas qualidades não vá entrar na onda e se desarrumar, mudar seu estilo só para agradar quem ainda não chegou no seu padrão. Persista! Você vai ver que, daqui a pouco outras seguirão seu exemplo, serão mais cuidadosas, algumas até virão pedir-lhe palpites. E você terá a satisfação de ter contrbuído decisivamente para melhorar a imagem inclusive da sua empresa.

Anúncios

Para quem tem culotes salientes, nada como…

Se você é do tipo pera, mesmo que não seja aquele exagero que é a candidata a deputado aqui de São Paulo, pertence a uma categoria muito apreciada pelos homens, mesmo que não concorde. Homens gostam de alguns volumes, especialmente na região dos quadris, está no DNA desde o tempo das cavernas.

Entretanto, exageros sempre são um problema, portanto se seus culotes são muito evidentes, disfarce. Use calças retas, elas têm um caimento que esconde um pouco seus culotes. Nem pense em calças que afunilam nas pernas e as skinny não são a melhor pedida para você, mesmo usando uma blusa mais comprida que, em tese, esconderia seus culotes. Suas saias devem ser retas, nada de muito volume, pregas ou plissados. As balonês certamente não vão deixá-la mais sexy ou elegante, vão ser quase desastrosas. O comprimento de suas saias e vestidos deve ser até o joelho, pois uma mini-saia vai dar a dimensão de seus culotes a toda a parte inferior do seu corpo.

Use blusas com volume nos ombros para chamar mais atenção sobre essa parte do corpo e, se gostar, pode até ter coisas como babados ou rendas de enfeite na parte superior das blusas. Golas que caem abaixo do ombro são charmosas e sofisticadas e também tiram o foco de seus quadris e culotes. E, se seus seios forem pequenos, use blusas ou vestidos de um ombro só, que eu acho o máximo, mas é difícil ficar bem se seus seios são maiores ou caídos. Se as cores de suas peças de cima forem claras, mais uma razão para ter concentrados os olhares nessa parte do seu corpo.

Os vestidos tipo trapézio são os que mais a favorecem, desde que a recomendação do comprimento na altura do joelho se mantenha. Não pense em ter enfeites na parte de baixo do vestido, coisas do tipo babados, franzidos, panos que se sobrepõem. Quanto mais lisa a parte inferior, melhor.

Use sapaptos de bico fino, eles “afinam” você inteira. Suas bolsas devem ter alças mais curtas, nunca ficando na altura do quadril pois o culote vai deixar saliente e, consequentemente, vai aparecer. Brincos ou colares grandes também chamam a atenção para a parte alta do corpo, tirando o foco de seus culotes.

Enfim, sinta-se bem consigo mesma, olhe-se no espelho e tenha prazer com o que está vendo. Essa é a melhor coisa para você sair bonita e confiante.

Veja também:

Gordinhas

+ Gordinhas

Uma resposta para Vanuza e para aquelas que têm quadris largos

Guarda-roupa de trabalho: mínimo mas poderoso

É claro que você quer ser a mais elegante da sua empresa, a mais bem vestida. Obviamente, se tiver dinheiro vai comprar um monte de roupas para não precisar repetir muito. Isso é parte até de nossa cultura consumista, tem se incorporado na nossa mente, essa necesssidade de ter coisas. Entretanto, para ser elegante você não precisa muito mais que um guarda-roupa básico, com algumas peças que fazem diferença e que podem ser complementadas por coisas simples e baratas.

Para começar, tenha um paletó preto. Pode ser do tipo spencer ou mais amplo. Ele é o máximo porque pode ser o complemento de um número bem grande de produções.

Você pode usar com calça, saia ou vestido, pode combinar com diversas outras cores e mesmo com estampas. Seja criativa que vai dar tudo certo.

Outra coisa fundamental é uma camisa branca. Pode até ser que você ache melhor uma outra cor, porque branco suja demais, fica encardido logo, mas não tem o que faça um efeito igual. Uma camisa branca complementa tanto uma calça quanto uma saia, pode ser usada até sobre um vestido se você arrematar com um cintinho, pode vir sobre uma camiseta regata colorida, enfim tem um número tão grande de possibilidades que, se ela não sujasse, você poderia usar uma semana inteira sem que as pessoas notassem que é a mesma.

Uma saia justa, tipo lápis é poderosa até… Deixa você sexy na medida certa para o escritório, especialmente se for usada com um sapato de salto alto. Além disso, alonga a sua silhueta. Eu recomendo uma cor escura, preta se você tiver pouca roupa ou pelo menos de uma cor que combine com preto. Assim, você poderá usar com seu paletó preto, se precisar. Quem sabe alguma coisa em risca de giz?

Outra peça fundamental num bom guarda-roupa de trabalho é um vestido. Sugiro um modelo mais enxuto, talvez um tubinho. Pode ser estampado, listrado, xadrez, desde que as cores sejam discretas. Bem complementado, faz um sucesso enorme e você pode ir do trabalho para a balada com muita elegância.

Não esqueça um sapato alto, clássico, se possível um bom escarpim, porque isso arrematará qualquer look com charme. E, uma boa bolsa é um investimento necessário e útil, porque além de lhe trazer o conforto de carregar suas coisas com facilidade, complementa suas produções com classe e poder.

Está vendo? Meia dúzia de coisas boas fazem a diferença. Não gaste dinheiro em outros itens antes de adquirir esses. Você verá que suas novas compras farão muito mais sentido e que você poderá economizar sem perder a elegância.

Uma secretária do futuro

No próximo sábado, dia 28, fui convidada a apresentar uma palestra no Encontro Anual de Secretárias 2010, o que me deixou muitíssimo lisonjeada, visto que é um encontro onde as discussões sobre a carreira são práticas e amplas, além de muito interessantes.

Em “Uma Secretária do Futuro”, falo sobre as relações das secretárias com seu trabalho, com chefes, colegas e subordinados, além das interfaces na vida pessoal, com suas difíceis escolhas. É parte do Painel GESTAO DE PERFORMANCE PARA SER BEM SUCEDIDA, cujo objetivo é mostrar como essas profissionais estão integradas o tempo inteiro e como elas podem enfrentar as mudanças contínuas no trabalho e na vida e tirar o melhor proveito.

O Encontro é  uma realização do Programa de Aperfeiçoamento para Secretárias, do IRR Training – Desenvolvimento e Performance Empresarial. Acontecerá entre os dias 26 e 28 de agosto no Hotel Golden Tulip Paulista Plaza, na Alamenda Santos, 85 e minha palestra será no dia 28, a partir das 11h45.