A visão que o conduz ao futuro

Captura de Tela 2017-05-25 às 15.06.38Você sabe o que quer para seu futuro? Tem uma visão que lhe dá direção? Ou anda por aí sem saber qual o caminho a tomar, agindo de acordo com as circunstâncias?

É bem mais fácil chegar a um lugar quando você sabe antes que lugar é esse. Se você não souber poderá passar por ele e não reconhecer que é aonde você gostaria de chegar.

Para definir sua visão você precisa parar para pensar. Tem que fazer um longo exercício de imaginação queCaptura de Tela 2017-05-25 às 15.09.38 o leve à frente pelo menos 10 anos. O que você vai estar fazendo então? Por que você estará lá? O que traz a você bem estar nesse futuro imaginado? O que lhe traz felicidade e o faz sentir-se realizado? o que estará dando ao mundo em troca de sua realização?

Só assim você poderá escolher o caminho a seguir, os parceiros que viajarão com você e quais mecanismos e ferramentas poderá usar. Sem dúvida, muitos desvios poderão aparecer, mas com uma meta clara até os desvios poderão levá-lo ao lugar que você merece. Boa sorte!

 

Anúncios

Buscando sucesso? Dica do Dia

Primeiro descubra o que é sucesso para você. Dinheiro, casa própria, sucesso na carreira, uma casinha no mato, respeito de seus pares, ser reconhecido como o melhor na sua área, ajudar a humanidade?

Você precisa ter clareza do que é importante  e não o que outros acham que pode ser. Tenha certeza de que seus pais, seus amigos, seus professores, seus parceiros, por melhor que o conheçam não são capazes de saber o que realmente o faz feliz!

Depois, levante dessa cadeira e vá buscá-lo onde ele estiver!

Captura de Tela 2017-05-08 às 07.57.52

Hora de Desistir

Captura de Tela 2015-10-01 às 17.16.04Você conhece o conceito “falácia do custo irrecuperável”? Talvez não conheça o nome, mas provavelmente você já viu acontecer. A falácia do custo irrecuperável acontece quando estimamos o valor de um investimento futuro para a continuidade de um projeto, mas ignoramos o que já foi investido no passado.

O fenômeno acontece quando insistimos em manter vivo um projeto que não está dando certo. Pesquisas demonstram que, quando investimos tempo, energia e recursos e não conseguimos o resultado esperado, temos a tendência a correr o risco de aumentar esses investimentos em razão de uma escalada de comprometimento. Isso vale para jogadores e apostadores da mesma forma que empreendedores mal sucedidos ou chefes que contratam pessoas erradas.

Captura de Tela 2015-10-01 às 17.24.42A esperança de recuperar custos em projetos errados faz com que mais recursos sejam injetados, aumentando a dificuldade de recuperação. A antecipação de um possível arrependimento por não ter dado outra chance e a possibilidade de dar um fim aceitável para uma situação de fracasso, são dois grandes motivadores. O maior, entretanto, é a ameaça ao ego, o medo de sentir-se menos inteligente ou previdente ou preparado. Insistimos na esperança de transformar fracasso em sucesso e provar ao mundo e a si mesmo que estava certo.

É difícil reconhecer que você estava errado quando iniciou um projeto e que ele não o levará ao sucesso. Captura de Tela 2015-10-01 às 17.28.31Entretanto, se você não tiver a coragem de reconhecer quando a batalha está perdida, vai investir cada vez mais, aumentando ainda mais seus prejuízos. E, importante deixar claro, quando falo de prejuízos não estou me referindo apenas a dinheiro ou outros recursos materiais, estou falando inclusive de perdas emocionais. Fracassos acontecem na vida profissional tanto quanto na vida pessoal e precisamos ficar atentos para abandonar projetos fracassados e investir em novos por mais que o fracasso traga frustração e dor. É a maneira correta de buscar sucessos que deixarão para trás esse momentos ruins.

Você sabia que…

Captura de Tela 2015-09-28 às 11.44.5175 das 100 empresas com alto desempenho listadas pela revista Fortune responsabilizam seus líderes por engajar seus colaboradores?

É hora de preparar melhor suas lideranças, especialmente porque momentos de crise podem ser também de oportunidade.

“Quem faz as coisas acontecerem são pessoas de carne e osso, não cargos, títulos ou postos organizacionais”. Jack Welch

Você em Versão 2015

Mesmo que você seja um cético que acha que a mudança de ano não traz nenhum significado, é impossível ignorar o clima de recomeço que chega com o primeiro dia de janeiro. Agora que o ano iniciou, chega a hora de pensar sobre o que você quer dele.

important QuoteCertamente você pode ser um dos felizardos para quem tudo deu certo em 2014. Mesmo assim, vai ter que fazer diferente, pois o ano novo traz realidades também renovadas. Se você é um ser humano como eu, que teve bons e maus momentos, erros e acertos de comportamentos e decisões, ainda tem tempo de, com muito cuidado, fazer planos, definir estratégias e objetivos a serem alcançados em 2015.

Existem muitas maneiras de fazer isso, claro, mas eu vou lhe falar sobre o que acredito ser melhor. Se quiser, pode seguir minha dicas. Não dou garantia de sucesso, claro, pois não sou capaz de prever desígnios da natureza, mas sei que podem ajudar bem.

O primeiro passo para ser bem sucedido em um plano de ação é fazer uma análise a seu respeito. Autoconhecimento é fundamental para evitar armadilhas e gastar energia com coisas que não lhe servem. Importante saber qual é a imagem que tem de si mesmo. Mesmo se você tem dificuldade em se reconhecer, procure ser honesto consigo mesmo, sem super ou subestimar suas qualidade e fraquezas.Captura de Tela 2015-01-07 às 11.57.38

É bom saber como você é, para começar, se é um solitário, um gregário, introvertido ou extrovertido? Para planos de trabalho, tente definir quais são seus talentos, no quê você é bom, se lida bem com outras pessoas ou prefere longas e solitárias pesquisas? Gosta de trabalhar em equipe, tem capacidade de liderar outros, tem espírito empreendedor?

Analise como gastou sua energia em 2014 e veja se foi naqueles pontos que realmente são importantes. Muitas vezes, gastamos nosso esforço em coisas que não nos satisfazem sem nem ao menos pensar no assunto. Quando fazemos um balanço, percebemos que tempos e dedicação a bobagens podem ter faltado em buscas e metas não atingidas que poderiam ter feito muita diferença na nossa vida.

Captura de Tela 2015-01-07 às 12.02.46Faça uma lista de pontos nos quais você precisa concentrar seu foco para atingir objetivos mais enriquecedores. Se quiser, use uma Roda da Vida, instrumento comum em processos de coaching e aconselhamento de carreira, disponível em inúmeros sites que tratam do assunto. Eu costumo imprimir duas, uma para o ano que passou e outra para o novo ano. Preencho com cores bem chamativas e deixo à mão como um lembrete constante.

Liste seus sonhos a realizar em 2015 e, a partir deles, estabeleça metas, datas e, se conseguir, formas de atingir. Não esqueça de pensar em recursos. É bobagem estabelecer uma meta de conhecer a Tailândia se você sabe que não terá dinheiro ou tempo suficiente para tal. Metas precisam ser realistas, pois se não forem poderão se tornar fontes de frustração que arrasarão sua autoestima.

Captura de Tela 2015-01-07 às 12.05.38Outro detalhe importante é que você não precisa – e provavelmente não vai conseguir – fazer tudo sozinho. Pense em quem poderá ajudar ou atrapalhar numa ou outra tarefa, busca de recursos, ou outra coisa qualquer. Compartilhe seus planos com pessoas que você tem certeza que não irão boicotá-los, elas poderão encontrar saídas em situações de impasse.

Finalmente, não deixe de fazer o acompanhamento de seu plano Você Versão 2015. Isso ajudará a corrigir rumos, acelerar ou atrasar tarefas, rever o que deixar de fazer sentido. Eu lhe desejo o melhor do Ano Novo!!!

 

 

 

 

 

 

Gerenciamento de carreira: o papel do Coach

Se você quer gerenciar sua carreira em vez de deixar nas mãos da empresa em que trabalha ou do destino, saiba que isso vai exigir algum esforço e disciplina de sua parte. Para começar, defina os objetivos que pretende buscar. Coisas concretas, tais como chegar a diretor de marketing em três anos, ganhar um salário de R$20.000 em quatro anos, trabalhar fora do país numa multinacional de primeira linha em um ano ou outra coisa que faça você sentir-se realizado.

Para ter maiores referências de que está com os objetivos corretos, relacione-os também a ganhos pessoais que poderão vir junto. Por exemplo, quando você estiver ganhando R$20.000 poderá comprar sua casa de praia ou aquele carro importado para sua esposa ou seu marido. Quando estiver trabalhando numa multinacional no exterior poderá conhecer muitos novos lugares, que é um sonho da sua vida. Isso vai concretizar verdadeiramente quais serão seus ganhos e animá-lo ainda mais a buscar atingir seus objetivos o mais rápido possível.

Se você tem dificuldades em definir os objetivos ou está em dúvida sobre sua capacidade de atingi-los e não consegue resolver, busque ajuda de profissionais especializados. Um desses profissionais é o Coach. O Coaching é definido como um processo que visa elevar a performance de uma pessoa, grupo ou empresa, descobrindo potencialidades adormecidas para aumentar os resultados positivos.

O Coaching utiliza metodologias, ferramentas e técnicas, dentro de um processo de parceria e construção conjunta entre o Coach  e o cliente, o Coachee. O Coach é o profissional que pode ajudar você a obter mais realizações e  atingir melhores resultados em sua vida profissional e até mesmo na sua vida pessoal. Ele concentra-se no ponto em que você se encontra no momento, acompanha na projeção do seu objetivo no futuro e direciona você na definição das ações que o levarão a esse objetivo.

Através de metodologia que utiliza perguntas precisas e observações pontuais, ele faz com que você descubra e implemente as soluções necessárias para conquistar seus objetivos. Além disso, ajuda-o a entrar em ação de forma efetiva e focada, a potencializar seus pontos fortes e trabalhar naqueles menos destacados.

O processo utiliza reuniões, que podem ser semanais ou em periodicidade diferente se for conveniente para você, num número definido no início, mas com possibilidades de mudança. Ao final, você terá maior clareza em relação aos seus objetivos, aos seus pontos fortes e àqueles que precisam de um reforço e um caminho definido para ir em direção ao seu futuro desejado.

Fechado esse ciclo de encaminhamento, você pode definir um programa de acompanhamento (uma sessão mensal, ou bimensal ou na periodicidade que vocês acharem ideal) para discutir resultados e, se for necessário, correções na viagem. Tome cuidado com uma coisa apenas: coaching está na moda e muitas pessoas estão se aventurando e oferecendo o trabalho, sem terem a formação e a experiência necessárias para lidar com assunto tão importante. Preste atenção e escolha alguém com formação e experiência.

Sociedade Brasileira de Coaching